Show simple item record

dc.contributor.advisorLorenz, Karl Michaelpt_BR
dc.contributor.authorPeixoto, Maria Inês Hamann, 1947-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2022-08-12T19:04:18Z
dc.date.available2022-08-12T19:04:18Z
dc.date.issued1980pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/62633
dc.descriptionOrientador: Dr. Karl Michael Lorenzpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Curso de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 93-96pt_BR
dc.description.abstractResumo: A pesquisa tem por objetivo: 91) Verificar a influência das variáveis pré-escolaridade e nível sócio-econômico (NSE), como também a interação entre ambas, sobre os escores de prontidão medidos pelos Testes ABC, na sua totalidade e em cada um dos oito testes que o compõe;. (2) Verificar a intensidade com que as atividades relacionadas com a prontidão para leitura e escrita são realizadas nas classes de pré-escolar; (3) Verificar a intensidade com que atividades ligadas à prontidão para leitura e escrita são realizadas em casa, pelos sujeitos da pesquisa. A amostra, selecionada aleatoriamente, constituiu-se de 72 sujeitos, sendo 36 de NSE alto e 36 de NSE baixo, matriculados na 1ª série do 1º Grau em 8 escolar da Rede Estadual de Ensino, dentro do Município de Curitiba. O tratamento estatístico utilizado foi a análise de vaiância para esquemas fatoriais 2x2. Os principais resultados encontrados foram: (a) A pré- escolaridade influi significativamente nos índices de prontidão; (b) o NSE afeta significativamente os índices de prontidão; (c) Não existe interação significativa entre as variáveis pé-escolaridade e NSE com relação aos índices de prontidão; (d) A pré-escolaridade não afeta significativamente os índices de prontidão dos sujeitos de NSE alto, mas afeta significativamente os índices de prontidão dos sujeitos de NSE baixo; (e) Os fatores relacionados com os testes 1 a 7 dos Testes ABC são os que diferenciam significativamente os sujeitos com e sem pré-escolaridade; (f) Os fatores relacionados com os testes3 e 8 dos Testes ABC são os que diferenciam significativamente os sujeitos NSE alto e do NSE baixo.pt_BR
dc.format.extent112 f. : il., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectEducação - Aspectos econômicospt_BR
dc.subjectEducação pre-escolarpt_BR
dc.subjectLeiturapt_BR
dc.subjectEscritapt_BR
dc.titleAnálise dos resultados globais e parciais obtidos nos testes ABC relacionando os efeitos da pré-escolaridade, do nível sócio-econômico e da interação entre ambos sobre a prontidão para leitura e escritapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record