Show simple item record

dc.contributor.advisorMinetto, Maria de Fatima Joaquim, 1963-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.creatorAlencar, Maria Solineide Oliveirapt_BR
dc.date.accessioned2023-05-31T18:22:34Z
dc.date.available2023-05-31T18:22:34Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/81403
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Maria de Fátima Joaquim Minettopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa : Curitiba, 30/06/2021pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 85-96pt_BR
dc.description.abstractResumo: Da concepção ao nascimento de um filho(a) criam-se expectativas em torno da chegada do novo componente. O enredo familiar passa por mudanças, que inauguram uma nova fase do ciclo vital. Entretanto, se esse bebê, não atender às expectativas da idealização inicial, e apresentar uma deficiência, poderá se instalar uma crise, havendo necessidade de repensar sobre os encaminhamentos de vida. Essa pesquisa tem por objetivo elaborar estratégias de suporte para reorganização da função parental para pais de filhos com TEA. O método incluiu a criação e o desenvolvimento de atividades, com um grupo de seis mães de filhos com TEA, reunidas virtualmente em cinco encontros, realizados entre julho e agosto/2020. Foram aplicados três instrumentos na pesquisa: Questionário Sociodemográfico, Escala Parental de Adaptação a Deficiência Social (EPAD), Questionários de Identificação das Necessidades das Famílias de Crianças com Deficiência. Procedeu-se o desenvolvimento do Plano de Intervenção, composto por cinco metas. Ao final do plano de intervenção foi aplicado o Questionário de Validade Social. E ainda após 4 meses do término das atividades foi reaplicado a EPAD. Os resultados da aplicação dos três primeiros instrumentos revelaram: a ausência ou baixa presença da rede de apoio familiar, para as mães envolvidas. EPAD primeira análise destaca como dados relevantes no que se refere ao Desenvolvimento, para o qual na percepção das famílias reconhece-se que o apoio social é baixo. Questionários de Identificação das Necessidades das Famílias de Crianças com Deficiência trouxe à tona o reconhecimento de que o futuro e a autonomia são pontos chaves na percepção destas famílias em relação aos seus temores para com os filhos. Diante das metas do plano de intervenção e dos resultados apresentados reconhece-se que cada mãe pode explorar as habilidades e capacidades, pensando no futuro dos seus filhos. Conclui-se que a aplicação dos instrumentos possibilitou identificar como os pais se encontravam em relação a deficiência de seus filhos e quais suas reais necessidades. Foi possível reconhecer que as famílias, avaliaram a participação e o envolvimento no grupo e aspectos relacionados ao futuro e autonomia de seus filhos.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: From conception to the birth of a child, expectations are created around the arrival of the new component. The family plot undergoes changes, which inaugurate a new phase of the life cycle. However, if this baby does not meet the expectations of the initial idealization, and presents a deficiency, a crisis may set in, making it necessary to rethink about life's referrals. This research aims to develop support strategies for reorganizing the parental role for parents of children with ASD. The methodology included the creation and development of activities, with a group of six mothers of children with ASD, virtually meeting in five meetings, held between July and August/2020. Three instruments were applied in the research: Sociodemographic Questionnaire, Parental Scale of Adaptation to Social Disability (EPAD), Questionnaires for Identifying the Needs of Families of Children with Disabilities. The Intervention Plan was developed, consisting of five goals. At the end of the intervention plan, the Social Validity Questionnaire was applied. And even after 4 months of the end of activities, the EPAD was reapplied. The results of the application of the first three instruments revealed: the absence or low presence of the family support network for the mothers involved. EPAD first analysis highlights as relevant data with regard to Development, for which in the perception of families it is recognized that social support is low. Questionnaires for Identifying the Needs of Families of Children with Disabilities brought to light the recognition that the future and autonomy are key points in the perception of these families in relation to their fears for their children. Given the goals of the intervention plan and the results presented, it is recognized that each mother can explore her abilities and capacities, thinking about the future of her children. It is concluded that the application of the instruments made it possible to identify how the parents were in relation to their children's disability and what their real needs were. It was possible to recognize that the families evaluated the participation and involvement in the group and aspects related to the future and autonomy of their children.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAutismo em criançaspt_BR
dc.subjectCrianças com transtorno do espectro autistapt_BR
dc.subjectTranstornos mentais - Relações com a famíliapt_BR
dc.subjectTranstornos mentais - Diagnósticopt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectParentalidadept_BR
dc.subjectDireito de família - Brasilpt_BR
dc.titleEstratégias de suporte para reorganização da função parental para pais de filhos com TEApt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record