Show simple item record

dc.contributor.advisorLuz, Araci Asinelli da
dc.contributor.authorSilva, Thais Gama da
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação
dc.date.accessioned2016-01-27T18:35:30Z
dc.date.available2016-01-27T18:35:30Z
dc.date.issued2015
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/40998
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Araci Asinelli-Luz
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 28/08/2015
dc.descriptionInclui referências : f. 100-107
dc.descriptionLinha de pesquis: Cognição aprendizagem e desenvolvimento humano
dc.description.abstractResumo: A presente pesquisa analisa o protagonismo de adolescentes que participam de projetos protagônicos voltados ao ensino médio em duas escolas da rede pública de ensino da cidade de Curitiba/PR, a partir da seguinte investigação: a escola apresenta-se como espaço e lugar para a vivência do protagonismo juvenil enquanto processo pedagógico de desenvolvimento humano? Como objetivos da pesquisa buscamos analisar as concepções e significados atribuídos pelos adolescentes a respeito da sua ação como protagonista, nos diferentes espaços da escola e da comunidade e a relação do protagonismo dos (as) adolescentes a episódios de suas histórias de vida, Para tanto, metodologicamente, analisamos o protagonismo juvenil e seus significados políticos, pedagógicos e sociais, amparados pela metodologia qualitativa, utilizando-nos de entrevista gravada, com doze estudantes, sendo seis de cada um dos projetos analisados, cuja participação foi autorizada pelos pais através da assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), conforme recomenda o Código de Ética em Pesquisa envolvendo seres humanos. Como base teórica, selecionamos os estudos de Antonio Carlos Gomes da Costa (2000) sobre protagonismo juvenil e de Urie Bronfenbrenner (2002), sobre a Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano. Utilizamos como instrumento a entrevista semiestruturada onde incluímos questões sobre história de vida; o corpus da pesquisa foi analisado à luz da análise de conteúdo. O protagonismo de adolescentes reafirma-se como uma proposta políticopedagógica voltada ao desenvolvimento humano, na medida em que contribui para a formação de cidadãos críticos, solidários e atuantes na sociedade. Destacamos a relevância deste estudo pela possibilidade da mudança de paradigmas no que concerne ao reconhecimento de formas contemporâneas de produção de conhecimento e de aprendizagens significativas para os (as) educandos (as), reconhecendo e oportunizando experiências de protagonismo aos (às) adolescentes e de reflexão ao (à) professor (a) sobre seu papel como educador na escola. Palavras-chaves: Adolescência. Pesquisa qualitativa. Projetos de protagonismo na escola. Protagonismo juvenil. Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano.
dc.description.abstractAbstract: This research examines the protagonism of adolescents engaged in protagonic projects, aimed at High School students from two public schools from Curitiba, PR, from the following proposal: does the school present itself as a space and place for living youth protagonism as a pedagogical process of human development? Following the objectives of the research, we examined the conceptions and meanings attributed by adolescents in regard to their action as protagonists, in different spaces of the school and of the community and the relation of the protagonism of adolescents to their stories of life. Thus, methodologically, we analyzed youth protagonism and its political, pedagogical and social meanings, supported by a qualitative methodology, using interviews recorded with twelve students, six from each project analyzed, whose participation was authorized through signed informed consent from parents, as recommended by the Code of Ethics in Research involving human beings. As a theoretical framework we have selected the studies from Antonio Carlos Gomes da Costa (2000) about youth protagonism and from Urie Bronfenbrenner (2002) about the Bioecological Theory of Human Development. A semi-structured interview was used as instrument, where questions regarding the stories of life; the corpus of the research was analyzed in the light of content analysis. The youth protagonism is reaffirmed as a political-pedagogical proposal aimed at human development in that it contributes to the formation of citizens that are critical, solidary and active within society. We emphasize the relevance of this study considering a possibility of changing paradigms regarding the acknowledgement of contemporary forms of production of knowledge and of meaningful learning for the learners, recognizing and promoting experiences of protagonism to adolescents and of reflection to teachers regarding their role as educators in schools. Keywords: Adolescence. Youth protagonism. Qualitative research. Protagonism projects in schools. Bioecological Theory of Human Development.
dc.format.extent115 f. : tabs., algumas color., grafs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectEducação
dc.titleProtagonismo na adolescência : a escola como espaço e lugar de desenvolvimento humano
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record