Show simple item record

dc.contributor.authorBettiol, Felipe Krulpt_BR
dc.contributor.otherMartins, Milena Ribeiro, 1973-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2021-04-08T22:02:58Z
dc.date.available2021-04-08T22:02:58Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/70100
dc.descriptionOrientadora: Prof.a Dr.a Milena Ribeiro Martinspt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras. Defesa : Curitiba, 16/12/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 100-102pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Estudos Literáriospt_BR
dc.description.abstractResumo: A obra de Monteiro Lobato, escritor considerado pela história da literatura muitas coisas menos moderno, necessita ser relida com olhos mais atentos e menos tendenciosos para que esse equívoco seja corrigido e para que novas leituras explicitem potencialidades de sua produção ficcional. Para colaborar com essa releitura, esta dissertação de cunho bibliográfico objetiva examinar os aspectos paródicos e metaficcionais, ambos associados, a fim de evidenciar procedimentos modernos na contística lobatiana. Para que essa análise seja possível, vamos, mais especificamente, definir paródia e metaficção a partir de teorias consolidadas para estabelecer um ponto de partida conceitual; apresentar uma seleção de contos em que tais procedimentos sejam essenciais; e, analisar as narrativas da obra adulta do autor com o intuito de demonstrar seus procedimentos paródicos, metaficcionais e, segundo nosso estudo, modernos. A partir das análises realizadas neste trabalho, sustenta-se aqui que a ficção lobatiana seja, então, moderna, motivo pelo qual sua obra merece ser revistada por novos prismas. Palavras-chave: Monteiro Lobato. Modernismo brasileiro. Paródia. Metaficção.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The work of Monteiro Lobato, a writer considered by the history of literature a lot of things but modern, needs to be read with more attentive and less biased eyes in order to correct this misunderstanding and to explicit the potentialities of his fictional production. To collaborate with such reading, this bibliographic dissertation aims to examine the parodic and metafictional aspects, both associated, to highlight modern procedures in Lobatian contistics. To make this analysis possible, we are going to, more specifically, define parody and metafiction from consolidated theories to establish a conceptual starting point; to present a selection of short stories in which such procedures are essential; and to analyze some narratives of the author's adult work in order to demonstrate its parodic, metafictional, and, according to our study, modern procedures. Based on the analyzes carried out in this study, we claim here that Lobatian fiction is modern, and this is a reason why his work deserves to be revisited by new prisms. Keywords: Monteiro Lobato. Brazilian modernism. Parody. Metafiction.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (102 p.) : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectLobato, Monteiro, 1882-1948pt_BR
dc.subjectParodiapt_BR
dc.subjectMetaficçãopt_BR
dc.subjectLiteratura brasileirapt_BR
dc.subjectLetraspt_BR
dc.title"- A semana inteira, senhor novelista?" : o paródico e o metaficcional no conto lobatianopt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record