Show simple item record

dc.contributor.advisorKluge, Denise Cristina, 1975-pt_BR
dc.contributor.authorShibayama, Ayumi Nakabapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2019-12-11T15:18:37Z
dc.date.available2019-12-11T15:18:37Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/44928
dc.descriptionOrientador : Denise Cristina Klugept_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras. Defesa: Curitiba, 03/08/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 145-154pt_BR
dc.description.abstractResumo: Este estudo tem como objetivo fazer o relato de experiência da criação de um curso de português como língua estrangeira a distância (PLEaD) no Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) apresentando os pressupostos teóricos norteadores da sua abordagem e analisar, do ponto de vista da aprendizagem, o ensino baseado na proposta por tarefas. Inicio este trabalho apresentando alguns conceitos relacionados à educação a distância e como a tecnologia influencia os processos de ensino e aprendizagem de línguas e viceversa (LEFFA, 1988, 2002, 2006, 2012, 2013a, 2013b, 2014; LÉVY, 1999, PAIVA, 2008). Entendendo o ensino e aprendizagem como um processo socialmente construído (VYGOTSKY, 1978), relaciono conceitos de interação e mediação (VYGOTSKY, 1978) com a nova relação que se estabelece com o conhecimento através do uso das tecnologias (LÉVY, 1999). Colocar o aprendente como ator social que interage em diferentes situações através do ensino baseado em tarefas é um trabalho que se desenvolve nos cursos presenciais do Celin (SANTOS, 2014) e se mostrou adequado para contextos a distância pois ambos estão ancorados na visão do uso da linguagem como "agir no mundo" (QECR, 2001). A partir do conceito de linguagem como ação conjunta (CLARK, 2002), utilizando pressupostos da teoria sócio-cultural (LANTOLF, 2006) apresento a proposta de ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras a distância por tarefas (WILLIS, 1996, PRABHU, 1987, JANOWSKA, 2015) com o uso de gêneros textuais (BAHKTIN, 1994, MARCUSCHI, 2002) do curso piloto PLEaD que aconteceu no 1º semestre de 2015. A pesquisa utilizou a metodologia da pesquisa-ação (THIOLLENT, 2011) aliando teoria, reflexão e prática. Encerro a discussão fazendo a análise dos dados conforme a metodologia da análise de conteúdo (BARDIN, 1977). As considerações finais retomam teóricos apresentados ao longo do trabalho contrapondo com dados resultantes da pesquisa a fim de refletir, revisitar e revisar a proposta inicial do curso iniciando assim, um novo ciclo de pesquisa-ação. PALAVRAS-CHAVE: Português língua estrangeira, ensino por tarefas, ensino a distância.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This study aims to report the experience of the creation of a portuguese as a foreign language distance course (PLEAD) at the Intercultural and Languages Centre (Celin) of the Federal University of Paraná (UFPR), to present the guiding theoretical principles of its approach as well as to analyze, from the point of view of learning, teaching based on task-based approach. I begin this work presenting some concepts related to distance education and to how technology influences the processes of teaching and learning languages and vice versa (LEFFA 1988, 2002, 2006, 2012, 2013a, 2013b, 2014; LÉVY, 1999; PAIVA, 2008). Teaching and learning is a socially constructed process (VYGOTSKY, 1978), I relate the concepts of interaction and mediation (VYGOTSKY, 1978) with the new relationship established with knowledge through the use of technologies (LÉVY, 1999). Placing the learner as a social actor who interacts in different situations through task-based teaching is a constant practice in Celin's classroom (SANTOS, 2014) and it seems also adequate to distance contexts because both are anchored in the vision of using language as "acting in the world" (QECR, 2001). Based on the language concept as joint action (CLARK, 2002) and using assumptions of socio-cultural theory (LANTOLF, 2006) I present a proposal for teaching and learning foreign languages in distance context by tasks (WILLIS, 1996 PRABHU, 1987 Janowska, 2015) with the use of textual genres (BAHKTIN, 1994 MARCUSCHI, 2002) of the pilot course Plead which happened in the first half of 2015. The present study used the methodology of action research (THIOLLENT 2011), combining theory, reflection and practice. I conclude the discussion by analyzing the data according to the methodology of content analysis (BARDIN, 1977). The final considerations resume theorists presented throughout the work along contrasting with data resulting from this research to reflect, revisit and revise the initial proposal's course starting thereby a new research cycle-action. Keywords: Teaching/learning of Portuguese as a Foreign Language. Task-based Language Teaching. Distance Learning.pt_BR
dc.format.extent204 f : il., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectLetraspt_BR
dc.subjectLingua portuguesa - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectFalantes estrangeirospt_BR
dc.subjectEnsino a distancia - Brasilpt_BR
dc.subjectEnsino por modulospt_BR
dc.titleAnálise da experiência dos aprendentes sobre o ensino de línguas por tarefas no curso piloto de português como língua estrangeira a distância no CELIN-UFPRpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record