Show simple item record

dc.contributor.advisorNegri, Lígia, 1953-pt_BR
dc.contributor.authorLeal, Ednei de Souzapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2020-05-18T13:36:24Z
dc.date.available2020-05-18T13:36:24Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/41251
dc.descriptionOrientadora : Profª. Drª. Lígia Negript_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras. Defesa: Curitiba, 23/07/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 84-87pt_BR
dc.description.abstractResumo: Os Serões Gramaticais do baiano Ernesto Carneiro Ribeiro (1839-1920),cuja primeira edição é de 1890, são vistos como obra marginal dentro da gramaticografia brasileira. No entanto, procuramos mostrar nesta dissertação que os Serõessão uma obra excepcional dentro de seus limites modelares, circunscritos à Tradição Gramatical milenar. Isso porque, além de seu tamanho descomunal (quase 800 páginas), a obra traz análises e noções bastante profundas sobre a língua, sobretudo no que concerne o Português Brasileiro. Este trabalho detém-se, sobretudo, num aspecto bastante peculiar dessa obra: seu autor expõe-nos uma dupla possibilidade de análise sintática, feito aparentemente inédito em gramáticas produzidas na língua portuguesa. Pontualmente por este aspecto, mas não somente, essa obra mereceu, nesta dissertação, uma leitura seguida de análise crítica minuciosa, tanto do seu ponto de vista histórico - fazendo desta dissertação um trabalho de Historiografia Linguística -, quanto de seu ponto de vista epistemológico, esta como o auxílio da chamada Filosofia da Linguística: a dupla possibilidade de análise sintática apresentada nos Serões é matéria de riquíssima profundidade teórica a ser explorada e que, esperamos, ultrapassem os limites deste trabalho. PALAVRAS-CHAVE: Gramáticas Normativas do Séc. XIX;Gramaticografia em Língua Portuguesa; Filosofia da Linguística, Historiografia Linguística.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The Serões Gramaticais, reading for Ernesto Carneiro Ribeiro (1839-1920), whose whose first published in 1890, are seen as marginal work within the Brazilian grammaticography. However, we try to show in this work that Serões is an exceptional work within their modular limits, confined to the ancient tradition Grammar. That's because in addition to its enormous size (nearly 800 pages), the book brings enough depth analysis and notions of language, particularly regarding Brazilian Portuguese. This work holds up, especially in a very peculiar aspect of this work: the author exposes us a double possibility of parsing, made apparently unprecedented in grammars produced in Portuguese. Punctually by this, but not only, this grammar earned, in this paper, one after reading detailed critical analysis both of its historical point of view - making this dissertation work of historiography linguistics - as its epistemological point of view, this as the aid of so-called Philosophy of Language: double possibility of syntactic analysis in Grammar is rich field of theoretical depth to be explored and, hopefully, exceed the limits of this work. KEYWORDS: Traditional Grammars for 19th Century. Grammaticography in Portuguese Language, Philosophy of Linguistics, Linguistics Historiography.pt_BR
dc.format.extent87 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectLetraspt_BR
dc.subjectLinguística - Historiografiapt_BR
dc.subjectGramática - Séc. XIXpt_BR
dc.subjectLinguistica - Filosofiapt_BR
dc.titlePressupostos epistemológicos na "phraseologia" dos Serões Gramaicaes de Ernesto Carneiro Ribeiropt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record