Show simple item record

dc.contributor.authorPiovezan, Giovani Cássiopt_BR
dc.contributor.otherFonseca, Ricardo Marcelopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Ciencias Juridicas. Curso de Graduação em Direitopt_BR
dc.date.accessioned2013-07-10T11:38:38Z
dc.date.available2013-07-10T11:38:38Z
dc.date.issued2013-07-10
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31229
dc.description.abstractResumo: A cultura jurídica constitucional reflete o momento histórico em que é confeccionada, não apenas o jurídico, mas também o social, político e econômico. A Constituição pode unir os mais variados posicionamentos doutrinários e até mesmo correntes antagônicas, que traduzem num documento o paradoxo cultural vivido por uma sociedade em determinada época. Desta forma, o trabalho em análise pretende trilhar o caminho percorrido pela sociedade brasileira, desde a decadência do período colonial até a proclamação da independência, e destacar os pontos de controvérsia, fáticas e teóricas, que serviram de base para a estruturação da Constituição de 1824. Utilizando-se da história social, política e jurídica que se buscará entender como houve a implantação do primeiro sistema constitucional no Brasilpt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDireito constitucional - História - Brasilpt_BR
dc.titleDa gênese constitucional no império do Brasilpt_BR
dc.typeMonografia Graduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record