Show simple item record

dc.contributor.advisorLoos-Sant'Ana, Helga, 1967-pt_BR
dc.contributor.authorPauls, Monika Penner, 1966-pt_BR
dc.contributor.otherGuérios, Ettiène Cordeiro, 1952-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2022-02-22T17:40:35Z
dc.date.available2022-02-22T17:40:35Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/73121
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Helga Loos-Sant’Anapt_BR
dc.descriptionCoorientadora: Dra. Ettiène Cordeiro Guériospt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa : Curitiba, 24/06/2021pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 407-415pt_BR
dc.description.abstractResumo: O presente trabalho tencionou verificar a viabilidade e as vantagens do ensino integrado de Matemática e Linguagem na educação escolar, em uma perspectiva holodisciplinar. Parte-se do pressuposto, com base no Sistema Teórico da Afetividade Ampliada (STAA), que as referidas disciplinas são abrangidas por um mesmo campo de conhecimentos: a Semiótica. Além disso, na perspectiva do STAA, para um trabalho verdadeiramente interdisciplinar são necessários três elementos, formando uma Unidade Triádica; ou seja, é preciso incluir um forte elemento de ligação entre as disciplinas em questão. No presente caso, abarcar a Semiótica no trabalho interdisciplinar escolar entre Matemática e Linguagem pode trazer resultados profícuos para o aprendizado de ambas. Para testar a hipótese, realizou-se uma intervenção em uma escola na área rural do município de Palmeira, no Paraná (Brasil), com alunos do sétimo ano do Ensino Fundamental. A escolha deste universo deu-se em função de ser o período da introdução à álgebra elementar, momento usualmente de grande dificuldade para os alunos e situação propícia para a integração entre as disciplinas. A intervenção foi desenvolvida ao longo de seis semanas, com dois encontros semanais no contraturno, tendo como aporte para a organização e aplicação das atividades o Método Affectfullness, oriundo do STAA. Para viabilizar o trânsito entre as disciplinas utilizou-se o livro Alice no País das Maravilhas, do matemático Lewis Carrol, que contém um forte apelo semiótico, possibilitando ainda um desenvolvimento mais lúdico e 'afetivamente ampliado' que aquele do ensino tradicional. Para apurar a eficácia do modelo, foram coletados dados por meio de cinco instrumentos: os encontros foram videogravados; realizaram-se duas avaliações sobre os conteúdos abordados, sendo a primeira (diagnóstica) antes da intervenção, e a segunda durante o último encontro com os participantes; os alunos fizeram desenhos retratando suas impressões sobre a intervenção e as disciplinas envolvidas; realizou-se uma atividade com droodles; e, ao final dos encontros, realizaram-se entrevistas semiestruturadas individuais. Os dados coletados proporcionaram indícios de que o trabalho foi exitoso, pois todos os alunos evidenciaram avanços no conhecimento dos conteúdos abordados, bem como em seu desenvolvimento pessoal e interacional. Sendo assim, o modelo aqui utilizado mostrase uma alternativa com excelente potencial pedagógico e se oferece a novas pesquisas para verificação de sua adequabilidade a outros universos; além disso, oportuniza o trabalho escolar a partir de uma concepção não fragmentada do conhecimento, tal como propõe a Holodisciplinaridade.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The present work intended to verify the viability and advantages of the integrated teaching of Mathematics and Language in school education, in a holodisciplinary perspective. Based on the Theoretical System of Affectfullness (TSA), it is assumed that these disciplines are covered by the same field of knowledge: Semiotics. Furthermore, from the perspective of TSA, for a truly interdisciplinary work, three elements are needed, forming a Triadic Unit; that is, it is necessary to include a strong linkage element between the disciplines in question. In the present case, embracing Semiotics in the interdisciplinary school work between Mathematics and Language can bring fruitful results for the learning of both. To test the hypothesis, an intervention was carried out in a school in the rural area of the municipality of Palmeira, Paraná (Brazil), with students from the seventh year of elementary school. This universe was chosen because it is the moment when students are introduced to elementary algebra, usually a time of great difficulty and a favorable situation for integrating the disciplines. The intervention was developed over six weeks, with two weekly meetings after classes. The Affectfullness Method, originated from the TSA, was a contribution to the organization and application of the activities. To facilitate the transit between the subjects the book Alice in Wonderland, by mathematician Lewis Carrol, was used, which has a strong semiotic appeal, also enabling a more playful and 'affectively expanded' development than that of traditional teaching. To determine the effectiveness of the model, data were collected through five instruments: the meetings were videotaped; two evaluations were carried out on the contents covered, the first (diagnostic) before the intervention, and the second during the last meeting with the participants; the students made drawings portraying their impressions about the intervention and the subjects involved; an activity with doodles was carried out; and, at the end of the meetings, individual semi-structured interviews were carried out. The data collected provided evidence that the work was successful, as all students showed advances in their knowledge of the contents covered, as well as in their personal and interactional development. Thus, the model used here is an alternative with excellent pedagogical potential and offers itself for further research to verify its suitability for other universes; in addition, it provides opportunities for school work from a non-fragmented conception of knowledge, as proposed by Holodisciplinarity.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (450 p.) : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectMatemática - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectAlgebra - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectLingua portuguesa - Linguagempt_BR
dc.subjectAbordagem interdisciplinar do conhecimento na educaçãopt_BR
dc.subjectSemióticapt_BR
dc.subjectAfetividadept_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleInterdependência entre matemática e linguagem : proposição da holodisciplinaridade no ensino por meio da semiótica com o método affectfullnesspt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record