Show simple item record

dc.contributor.authorScholz, Maria Letícia Santos, 1992-pt_BR
dc.contributor.otherMay, Marcia Ramos, 1968-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Administraçãopt_BR
dc.date.accessioned2021-08-09T17:21:52Z
dc.date.available2021-08-09T17:21:52Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/71537
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Márcia Ramos Maypt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa : Curitiba, 12/03/2021pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 146-155pt_BR
dc.description.abstractResumo: Neste estudo, o objetivo principal é compreender como as capacidades dinâmicas embrionárias são consideradas pelo investidor em seu processo de avaliação e sua contribuição na realização de investimentos em startups. Startup é uma organização que opera em ecossistemas incertos e voláteis, cujo ambiente de negócios é impactado por mudanças constantes que exigem adaptações e desenvolvimento de capacidades. Encontrar uma fonte de recursos para engrenar seu negócio e convencer investidores são algumas das principais dificuldades encontradas pelas startups. As capacidades dinâmicas auxiliam a startup a se diferenciar e a obter vantagem competitiva sustentável, permitindo identificar e analisar o ambiente que estão inseridas, estruturar seus processos, atender às demandas do mercado e permitem que a startup desenvolva, adapte e renove seu modelo de negócios. É denominado capacidades dinâmicas embrionárias o conjunto de capacidades dinâmicas cognitivas, gerenciais e organizacionais. Foi adotada a estratégia de estudo de casos múltiplos em que foram selecionados seis investidores de venture capital e investidores-anjo brasileiros. Realizaram-se entrevistas semiestruturadas e foram coletados documentos secundários fornecidos pelos investidores. Identificou-se a presença das capacidades e como se configuram no processo de avaliação dos investidores. As capacidades cognitivas, ao contrário do exposto pela literatura, foram facilmente observadas pelos investidores, com destaque para a capacidade de mentalidade global. Dentre as capacidades gerenciais, a capacidade analítica se sobressaiu em relação as demais, corroborando com os achados da literatura que apresentavam a importância das habilidades em gestão e histórico dos empreendedores. Sobre as capacidades organizacionais, os contextos encontrados confirmaram o exposto na literatura, de que estas capacidades não são facilmente obtidas no mercado, pois apresentam características específicas da empresa. Desse grupo, destacou-se a capacidade de flexibilidade. Relacionados a esses três grupos apresentaram-se também elementos considerados como não contributivos ao processo de seleção e investimento. Para compreender essa dinâmica de avaliação das unidades de análise, foram ordenadas e descritas as etapas do processo avaliativo de cada caso. Com base nesses resultados, o estudo auxilia startups a se estruturar e se preparar previamente ao processo de avaliação de investimento e facilitar o acesso aos recursos financeiros, além do propósito de avançar nos estudos de capacidades dinâmicas em organizações em estágios iniciais. Palavras-chave: Capacidades dinâmicas em startups. Investimentos em startups. Capacidades dinâmicas embrionárias. Análise de capacidades em investimentos.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: In this research, the main objective is to understand how the embryonic dynamic capabilities are considered by the investor in the investment evaluation process and their contribution to it in startups. Startup is an organization that operates in an uncertain and volatile ecosystem, whose business environment is impacted by constant changes that require adaptations and capabilities development. Finding a source of funds to run the business and convince investors are of the main difficulties faced by startups. Dynamic capabilities help the startup to differentiate itself and obtain sustainable competitive advantage, allowing the organization to identify and analyze the environment in which they operate, structure its processes, meet market demands and allow the startup to develop, adapt and renew its business model. Embryonic dynamic capabilities are the set of cognitive, managerial and organisational dynamic capacities. A multiple case study strategy was adopted, in which six brazilian venture capital and angel investors were selected. Semi-structured interviews were conducted and secondary documents provided by the investors were collected. The presence of capabilities and how they are configured in the investor evaluation process were identified. Cognitive capabilities, instead of what was exposed in the literature, were easily noticed by investors, with emphasis on the global mindset capability. Among the managerial capabilities, the analytical capability stood out in relation to the others, corroborating with the findings in the literature that presented the relevance of the management skills and entrepreneurs previous experience. Regarding organisational capabilities, the findings support what the literature shows, that these capabilities are not easily obtained in the market, as they present specific organization characteristics. Of this group, the flexibility capability stood out. Related to these three groups, elements that are considered non-contributtuve to the selection and investment process are also presented. To understand the evaluation dynamic of the investors, the evaluation process stages of each case were ordered and described. Based on these results, this research helps startups to structure and prepare themselves before the investment evaluation process and facilitate their access to financial resources, in addition to the purpose of advancing dynamic capabilities studies in organizations in early stages. Key-words: Dynamic capabilities in startups. Investments in startups. Embryonic dynamic capabilities. Capabilities analysis in investments.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (176 p.) : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAdministração financeirapt_BR
dc.subjectInvestimentospt_BR
dc.subjectAdministraçãopt_BR
dc.subjectEmpreendedorismopt_BR
dc.titleCapacidades dinâmicas embrionárias e sua contribuição na realização de investimentos em startups : um estudo multicasospt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record