Show simple item record

dc.contributor.advisorSchmid, Aloísio Leoni, 1968-pt_BR
dc.contributor.authorMielke, Elisa Costa, 1968-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Artes, Comunicação e Design. Programa de Pós-Graduação em Designpt_BR
dc.date.accessioned2021-01-19T22:44:35Z
dc.date.available2021-01-19T22:44:35Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/68528
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Aloísio Leoni Schmidpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Design. Defesa : Curitiba, 06/03/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 94-98pt_BR
dc.description.abstractResumo: O conforto no ambiente doméstico, como fenômeno percebido pelo seu usuário, carrega em si muita subjetividade, pois ele é uma sensação pessoal e íntima. Isto instiga a entendê-lo de maneira prática e realista a ponto de poder melhorar a performance dos resultados dos projetos de interiores. Sendo assim o problema de pesquisa é compreender como o cliente do arquiteto e designer de interiores, morador de Curitiba, Paraná, Brasil, das classes econômicas A e B, usuário do ambiente doméstico, percebe o conforto em sua casa. Interessa explorar e analisar as sensações experimentadas e percebidas pelos clientes, haja vista que os profissionais de projeto procuram, por meio de seu trabalho, proporcionar a melhor experiência possível para o morador, o seu cliente de projeto de interiores. Pretendendo explorar e compreender sob a ótica fenomenológica este tema, intenciono acrescentar ferramentas para uma reflexão sobre o que é o conforto, por meio de uma abordagem sistêmica integral, dentro do que a literatura afirma ser o conforto para o usuário em um ambiente doméstico e, em seguida, apresentar qual a percepção individual e real deste fenômeno, visto que tal conceito é abordado de forma intuitiva e empírica. Sob esse prisma, a Teoria das Representações Sociais (TRS) mostra-se adequada para suportar as análises. Os fundamentos da TRS, propostos por Moscovici (1978), descortinam como o tripé grupos/atos/ideias constitui e transforma a sociedade (DE OLIVEIRA, 2004), e parecem se harmonizar com o ponto de vista de Zubieta, Santos e Bursztyn (2011) ao perceberem que as representações são elementos construídos no pensamento das pessoas. Este estudo tem caráter exploratório e qualitativo. Foram entrevistados 275 clientes de arquitetos e/ou designers, sendo 25 entrevistas presenciais e 250 entrevistas via meio eletrônico, entrevistei 108 profissionais da área responderam a um questionário semiestruturado no intuito de confrontar com o pensamento do cliente. Foi observado que a casa confortável seria aquela naturalmente bem iluminada, com muita luz solar e agradável temperatura interna, espaços amplos, dimensionados para as necessidades de qualquer uso, aconchegantes em suas texturas e cores, com um sofá macio, tudo isso transmitindo paz e harmonia. A distinção conceitual, implícita na TRS, mostrou-se adequada na avaliação dos pensamentos e registros simbólicos do grupo pesquisado. Assim, essas tendências podem ser aprofundadas e exploradas em um projeto de arquitetura ou design de interiores, para melhorar sua eficácia com base no cliente e em sua experiência, possibilitando uma melhor compreensão do relacionamento entre o cliente e sua casa. Palavras-chave: Conforto. Fenômeno. Bem-estar. Percepção. Representação social.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Comfort at home, as a phenomenon perceived by its user, carries much subjectivity, because it is a personal and intimate feeling. This thesis encourages a discussion about how the architect and interior designer client, living in Curitiba, Paraná, Brazil, of the economic classes A and B, as a user of the home environment, perceives the comfort in his home. Dealing with this theme, to explore and understand it from a phenomenological point of view, I want to add tools for a reflection on what comfort is, through an integrated systemic approach. Therefore, a systematic bibliographic review was conducted for this research. The literature review aims to understand the individual and real perception of this phenomenon since such a concept is usually handled intuitively and empirically. In this light, the theory of social representations (TRS) proved to be adequate to support the analyses. The fundamentals of TRS, proposed by Moscovici (1978), reveal how the tripod groups/acts/ideas constitute and transform society (De Oliveira, 2004), and seem to harmonize with the point of view of Zubieta, Santos, and Bursztyn (2011) when they realize that representations are elements built-in people's thinking. This study has an exploratory and qualitative character. 275 clients of architects and / or designers were interviewed, with 25 face-to-face interviews and 250 via the web. I interviewed 108 professionals in the area who answered a semi-structured questionnaire in order to confront the client's thinking. It was observed that the comfortable house would be the one naturally well lit, with plenty of sunlight and pleasant internal temperature, wide spaces, sized for the needs of every use, cozy in its textures and colors, with a soft sofa, everything this conveying peace and harmony. The conceptual distinction, implicit in the theory of social representations (TSR), proved to be appropriate when assessing the thoughts and symbolic records of the researched group. Thus, these trends can be deepened and explored in a design or interior architecture project, to improve its effectiveness based on the client and his experience, enabling a better understanding of the relationship between the client and his home. Key words: comfort. Phenomenon. Wellness. Perception. Social representation.pt_BR
dc.format.extent114 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectConforto humanopt_BR
dc.subjectBem-estarpt_BR
dc.subjectDecoração de interiorespt_BR
dc.subjectHabitaçõespt_BR
dc.subjectConsumidores - Preferênciapt_BR
dc.titleSensação de conforto X design de interiores : o ambiente residencial como fenômenopt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record