Show simple item record

dc.contributor.authorKniss, Ana Maria Ribeiropt_BR
dc.contributor.otherBernardino, Elizabethpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Curso de Especialização em Gestão em Saúde Públicapt_BR
dc.date.accessioned2018-08-23T21:45:05Z
dc.date.available2018-08-23T21:45:05Z
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/54433
dc.descriptionOrientador : Elizabeth Bernardinopt_BR
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Curso de Especialização em Gestão em Saúdept_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : Tendo em vista que a questão das drogas, no século XXI não é vista como uma deficiência moral, mas como uma questão de saúde pública , a dicotomia publico privada precisa ser desconstruída, sendo a promoção de saúde envolvendo a família não pode passar despercebida pelo Estado. A estrutura da Organização não governamental (ONG) Amor Exigente existe há 27 anos, trabalhando com a problemática do codependente de drogas, que são as pessoas que vivem com e em função do adicto. A proposta é a implementação do saber acumulado da ONG Amor Exigente ao Centro de Atendimento Psissocial (Caps) e no Programa de saúde familiar (PSF ) na cidade de Curitiba para que o Estado cumpra o que prevê no atual Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas.pt_BR
dc.format.extent30 p.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectPoliticas publicaspt_BR
dc.subjectFamilia - Saúde e higienept_BR
dc.subjectDrogaspt_BR
dc.titleProposta de incorporação do modelo do organismo não governamental Amor Exigente ao Programa de Saúde Familiar em Curitibapt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record