Show simple item record

dc.contributor.advisorSilveira, Marcos Aurélio Tarlombani da, 1962-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Curso de Especialização em Análise Ambientalpt_BR
dc.creatorSchier, Raul Alfredopt_BR
dc.date.accessioned2024-02-07T17:18:41Z
dc.date.available2024-02-07T17:18:41Z
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/39005
dc.descriptionOrientador : Marcos Aurélio Tarlombanipt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Curso de Especialização em Análise Ambientalpt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Este estudo objetivou avaliar o estado da arte sobre o uso de novas tecnologias, nas escolas de ensino básico, denominadas objetos de ensino e aprendizagem, aplicadas à investigação e análise ambiental, detectando as potencialidades disponíveis para 173 professores de escolas públicas e particulares do Paraná. Priorizou os professores que buscam o desenvolvimento de um processo educativo que inclua a temática ambiental analisando qualitativamente as atividades da chamada Análise ambiental, através das aulas de campo, realizadas com os alunos. O trabalho faz o seu diagnóstico na rede básica de ensino levantando, registrando e analisando, através de questionários digitais (e-mails) suas práticas para detectar suas experiências em análise ambiental e do próprio ensino de geografia. Para identificarmos a situação do uso desses objetos, principalmente os mediatizados por tecnologias digitais interativas utilizamos como recursos criação de pesquisa digital (email) onde primeiramente os professores responderam sobre seus métodos e ferramentas disponíveis. Desta forma foi possível constatar a falta de aparelhagem moderna e atualizada para que as aulas de geografia possam ser realizadas em laboratórios de informática apoiando o aluno a entender, utilizar e aprender sobre o espaço e o meio ambiente utilizando ferramentas de ponta, como programas de georreferenciamento e cartografia digital, como já acontece em escolas particulares. Por outro lado nos deparamos com a demora do governo em investir em novas tecnologias contra o poder dos cidadãos (alunos) em adquirir equipamentos por conta própria gerando uma inversão de responsabilidades trazidas pela sociedade capitalista moderna, onde nova tecnologias são aprendidas primeiro fora da escola.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectEducação ambiental - Estudo e ensino (Ensino fundamental)pt_BR
dc.subjectEducaçao - Inovações tecnológicaspt_BR
dc.subjectEducação e meio ambientept_BR
dc.titleNovas tecnologias no ensino básico : um apoio à investigação ambientalpt_BR
dc.typeTCC Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record