Show simple item record

dc.contributor.advisorCoutinho, Aldacy Rachid, 1960-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Jurídicas. Curso de Graduação em Direitopt_BR
dc.creatorFranzoni, Júlia Ávilapt_BR
dc.date.accessioned2023-08-28T18:23:43Z
dc.date.available2023-08-28T18:23:43Z
dc.date.issued2008pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/30889
dc.descriptionOrientador: Aldacy Rachid Coutinhopt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Jurídicas, Curso de Graduação em Direitopt_BR
dc.description.abstractEste trabalho tem como proposta mirar para realidade urbana brasileira com o objetivo de desvelar opacidades, materializadas, neste estudo, no circuito inferior da economia urbana e na economia informal - dinâmicas integrantes dos espaços marginais. Para serem demonstrados o esforço a ser empreendido é instrumentalizado por um resgate histórico, que intenta recuperar a concepção que conforma nosso presente, a fim de alargá-la. São traçadas linhas gerais sobre as relações entre a cidade, os modos de produção e a formação económica social, para no cotejo de suas dinâmicas, refletir como se comporta o fenómeno urbano. Em seguida, tenta-se identificar qual a racionalidade predominante na atuação dos sujeitos que interagem nesse contexto e de que forma contribuem para reforçá-lo. São utilizadas como ferramentas de ré-compreensão, a divisão social do trabalho e a satelitização. A partir delas reflete-se sobre conceitos muitas vezes tratados de maneira "monolítica", o subdesenvolvimento e o neoliberalismo. A intenção é trazê-los para o discurso epistemológico que insere o processo de urbanização dos países latino-americanos na perspectiva pós-colonial. A ausência de causa e efeito determinante entre a industrialização e o crescimento urbano, é, nesse trabalho, a principal diferença que permite re-compreender a particularidade do circuito inferior da economia urbana nesses países, o elevado setor terciário nas cidades e a importância do mercado informal. A marginalidade urbana representa um aspecto da migração do mercado de trabalho da hierarquia da desigualdade (opressor/oprimido) para hierarquia da exclusão (opressor/não-incluído).pt_BR
dc.format.extent97 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectCidades e vilas - Brasilpt_BR
dc.subjectDivisão do trabalho - Brasilpt_BR
dc.subjectMudança social - Brasilpt_BR
dc.subjectMercado de trabalho - Brasilpt_BR
dc.subjectSetor informal (Economia) - Brasilpt_BR
dc.subjectMercado de trabalhopt_BR
dc.titleFunções e formas da divisão social do trabalho : circuito inferior da economia urbana e os espaços marginaispt_BR
dc.typeTCC Graduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record