Show simple item record

dc.contributor.authorInácio, Simone Aparecido, 1976-pt_BR
dc.contributor.otherCezar, Kelly Priscilla Lóddo, 1983-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Curso de Licenciatura em Letras Libraspt_BR
dc.date.accessioned2019-02-18T13:50:01Z
dc.date.available2019-02-18T13:50:01Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/58952
dc.descriptionOrientadora: Kelly Priscilla Lóddo Cezarpt_BR
dc.descriptionMonografia(Graduação) - Universidade Federal do Paraná,Setor de Ciências Humanas, Curso de Licenciatura em Letras Libraspt_BR
dc.description.abstractResumo: O bilinguismo para surdos é preconizado nos documentos oficiais como sendo a língua brasileira de sinais (Libras) a primeira língua e a escrita da língua portuguesa como segunda língua. O presente trabalho teve por objetivo apresentar uma sequência didática bilíngue (SDB) utilizando o gênero instrucional. A motivação foi o jogo de regras Passeio pela nova ortografia (CEZAR, ROMUALDO e CALSA, 2012) e os resultados positivos de sua aplicação com aprendizes surdos de Portugal (língua gestual portuguesa – LGP) e do Brasil (língua brasileira de sinais - Libras) que tem língua de sinais diferentes, porém compartilham o mesmo sistema de escrita – ortografia (CEZAR, 2014). Para a criação da SDB abordamos os gêneros textuais e a base de sequência didática de Dolz, Noverraz e Schneuwly (2004), bem como a expansão dessa proposta na perspectiva bilíngue para surdos (CEZAR, 2018). Os resultados teóricos revelaram que o manual do jogo foi a principal dificuldade dos aprendizes surdos. A partir disso, criamos a SDB, ficando organizada da seguinte forma: 1) quebra da barreira linguística, a) levantamento dos principais conceitos, b) levantamento de sinais da área, c) criação provisória de sinalário, 2) Sinalização – tradução intermodal do gênero instrucional, 3) Apresentação do tema "escrita da língua portuguesa como segunda língua", 4) Nível 1, 5) Nível intermediário, 6) Nível 2, 7) Por Cor e 8) Produção Final. Concluirmos que a produção de materiais para aprendizes surdos deve priorizar o bilinguismo e a SDB lúdica criada pode se transformar em um material disponível contribuindo para o processo de formação de professores.pt_BR
dc.format.extent35 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf application/daisypt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectLIBRAS (Lingua Brasileira de Sinais)pt_BR
dc.subjectLingua brasileira de sinais - Estudo e ensino - Brasilpt_BR
dc.subjectSurdos - Meios de comunicaçãopt_BR
dc.subjectLinguagem e línguas - Variaçãopt_BR
dc.subjectSurdos - Educaçao bilínguept_BR
dc.titleGênero instrucional: criação de uma sequência didática bilíngue para aprendizes surdospt_BR
dc.typeMonografia Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail
Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record