Show simple item record

dc.contributor.advisorUlbricht, Vania Ribas, 1948-pt_BR
dc.contributor.authorSilva, Fernanda Cristine Poletto dapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Artes, Comunicação e Design. Programa de Pós-Graduação em Designpt_BR
dc.date.accessioned2020-05-13T19:35:17Z
dc.date.available2020-05-13T19:35:17Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/39896
dc.descriptionInclui anexos e apêndicespt_BR
dc.descriptionOrientadora: Profª Vânia Ribas Ulbrichtpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Design. Defesa: Curitiba, 20/02/2015pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 156-160pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Design gráfico e de produtopt_BR
dc.description.abstractResumo: Segundo os dados do Censo de 2010, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Brasil, 23,9% da população possui necessidades educacionais especiais (PNEEs), sendo 75% composto por cegos congênitos (pessoas que nasceram cegas) excluídas da educação brasileira devido à sua condição. A carência de políticas públicas voltadas à educação dificulta sua ascensão no mercado de trabalho e o contato entre cegos e videntes. Esta dissertação tem como objetivo propor recomendações do design a fim de contribuir no processo de representação gráfica bidimensional de cegos congênitos. Em conseqüência, esta pesquisa classifica-se como aplicada, qualitativa e exploratória, pois se fundamenta no reconhecimento das variáveis gráficas que facilitam a percepção tátil de objetos presentes no cotidiano do cego. O método de pesquisa, Estudo de Caso foi subdividido em quatro (4) fases, sendo elas: a primeira fase caracterizada pela revisão sistemática da literatura (RSL) com o intuito de selecionar na literatura referências sobre materiais e publicações referentes ao tema; a segunda fase destaca-se pela pesquisa de campo com dois (2) grupos focais distintos de cegos congênitos residentes em Curitiba. Nessa mesma fase, as técnicas de coletas de dados utilizadas foram: a entrevista estruturada, a entrevista com aplicação do questionário misto em paralelo a uma dinâmica e a técnica de observação. A terceira fase caracterizou-se pela validação de um instrumento adaptado que contribuiu no processo de elaboração da representação gráfica de pessoas cegas. Por fim, a quarta fase ocupou-se das conclusões e compilação de resultados obtidos em relação às fases anteriores. Conseqüentemente, como desdobramento pode-se identificar na manipulação de objetos do cotidiano a percepção tátil de cegos congênitos e a sua influencia no processo de representação gráfica de objetos tridimensionais (3D). Portanto, essa dissertação propõe recomendações do design a fim de facilitar a elaboração das representações gráficas desses deficientes e contribuir para futuros estudos sobre Objetos de Aprendizagem (OA). Palavras-chave: Representação Gráfica, Percepção tátil, Manipulação de objetos, Design de Interação, Cegos Congênitos;pt_BR
dc.description.abstractAbstract: According to 2010 Census data, released by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) in Brazil, 23.9% of the population has special educational needs (PNEEs), of which 75% consists of congenitally blind people (people born blind) excluded Brazilian education because of their condition. The lack of public policies for education hinders their rise in the labor market and the contact between blind and sighted. This thesis aims to propose design recommendations in order to contribute in the process of two-dimensional graphical representation of congenitally blind. As a result, this research is classified as applied, qualitative and exploratory, since it is based on recognition of graphical variables that facilitate the tactile perception of objects present in man's daily life. The research method, case study was divided into four (4) phases, as follows: a first stage involving the systematic literature review (RSL) in order to select the reference literature on materials and publications on the topic; the second phase is distinguished by field research with two (2) separate focus groups of congenital blind residents in Curitiba. In this same phase, the techniques of data collection were used: a structured interview, the interview with application of mixed questionnaire in parallel to a dynamic and technical observation. The third phase was characterized by the validation of a suitable instrument that contributed in the process of graphical representation of blind people. Finally, the fourth phase took up the conclusions and compile results from previous phases. Consequently, as a development can be identified in handling everyday objects tactile perception of congenitally blind and its influence on the imaging process of three-dimensional (3D) objects. Therefore, this dissertation proposes design recommendations in order to facilitate the preparation of graphical representations of these disabled and contribute to future studies on Learning Objects (OA). Keywords: Graphic Representation, tactile perception, manipulation of objects, Interaction Design, Blind Congenital;pt_BR
dc.format.extent184 f. : il. algumas color., grafs., tabs., maps.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDesignpt_BR
dc.subjectCegos - Orientação e mobilidadept_BR
dc.subjectObjetos tridimencionaispt_BR
dc.subjectPercepção tátilpt_BR
dc.subjectRepresentação gráficapt_BR
dc.titlePercepção tátil de objetos do cotidiano : estudo de caso no reconhecimento de formas geométricas e representação gráfica de cegos congênitospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record