Show simple item record

dc.contributor.advisorPrado, Paulo Henrique Muller, 1967-
dc.contributor.authorRibeiro, Clara Márcia
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Administração
dc.date.accessioned2015-11-16T18:35:11Z
dc.date.available2015-11-16T18:35:11Z
dc.date.issued2010
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24935
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Paulo Henrique Muller Prado
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 30/08/2010
dc.descriptionBibliografia: fls. 263-273
dc.descriptionÁrea de concentração: Estratégia e Organizações
dc.description.abstractResumo: O Relacionamento Interorganizacional é tema chave deste estudo, tendo em vista sua importância acadêmica e gerencial. Os relacionamentos interorganizacionais em estudo referem-se à díade empresas, fornecedoras e varejos alimentícios, os quais foram estudados sob a ótica de colaboradores e gestores de varejos alimentícios brasileiros. Neste contexto, teve-se como objetivo principal do estudo analisar a relação entre os tipos de relacionamentos, oriundos da Estrutura do Relacionamento Interorganizacional, com o Nível de Ocorrências da Ruptura de Produtos nas Gôndolas e a Avaliação do elacionamento com os Fornecedores, feita pelas empresas de varejo alimentício. Para fundamentação do estudo, fez-se uma revisão teórica que contemplou: o contexto e natureza dos Relacionamentos Interorganizacionais; os Antecedentes dos Relacionamentos Interorganizacionais sob a perspectiva de Determinantes Situacionais e de Mercado; a Estrutura dos Relacionamentos Interorganizacionais, oriundas da organização de alguns dos Aspectos Intervenientes em Aspectos Técnicos e Comportamentais; os Riscos que auferem vulnerabilidade para a Cadeia de Suprimentos e possivelmente aos Relacionamentos Interorganizacionais, tendo em foco as Ocorrências de Ruptura de Produtos nas Gondolas; e, por fim, a Avaliação dos Relacionamentos Interorganizcionais abrangendo a Satisfação e o Valor Percebido. A partir daí, desenvoulveu-se um Modelo Téorico propondo a sua verificação empírica. O estudo pode ser caracterizado como um estudo de abordagem quantitativa e caráter descritivo. Seu desenvolvimento contemplou duas fases: FASE 1 – Qualitativa- Exploratória e FASE 2 – Quantitativa-Descritiva. A FASE 1 – Qualitativa-Exploratória possibilitou uma explanação do tema, unidade de análise, objeto de estudo e variáveis que compõem o Modelo Teórico desenvolvido. Foram consultados 16 in ormantes-chave: 6 gestores varejistas, 6 gestores de empresas fornecedoras e 4 especialistas da área. A estratégia de pesquisa adotada foi História Oral Temática. Os dados foram coletados a partir de dados secundários e entrevistas semiestruturadas com uso de roteiro de entrevistas, observação direta e diário do pesquisador. Adotou-se a Análise Temática e de Conteúdo para analisar os dados obtidos. Já a FASE 2 – Quantitativa-Discritiva teve como foco os objetivos propostos no estudo e a verificação empírica do Modelo Teórico sistematizado. Para o seu desenvolvimento, adotou-se como estratégia de pesquisa um Survey ou Levantamento. Obteve-se uma amostra de 156 participantes. A coleta de dados ocorreu por questionário autoadministrado disponível em endereço eletrônico e por coleta pessoal (material impresso). Para as análises dos dados obtidos, foi utilizado o software estatístico SPSS, no qual foi realizada uma variedade de testes estatísticos paramétricos a fim de alcançar os objetivos propostos (Descritiva Univariada e Multivariada, Análise Fatorial Exploratória, Correlação de Pearson, Teste T, Teste de Ki-Quadrado, Análise de Clusters ou grupamentos, Análise de Variância – ANOVA One Way, Análise Discriminante). De modo geral, os resultados responderam o objetivo proposto, proporcionando entendimento de cada uma das variáveis que compõem o Modelo Teórico proposto. Foi possivel ampliar a compreensão sobre a natureza, causas e consequências de Ocorrências de Ruptura Produtos. Foram identificados 5 agrupamentos que correspondem a uma taxionomia do Relacionamento Interoganizacional, ao considerar as características da Estrutura do Relacionamento Interorganizacional. Os Determinantes Situacionais e de Mercado foram visualizados como um ambiente ou contexto no qual são articulados os Relacionamentos Interorganizacionais, e somente a variável Importância do Suprimento pôde ser vista como influenciadora na modelagem da taxionomia de Relacionamentos Interorganizacionais. Não foi possivel verficar uma infuência da taxionomia dos Relacionamentos Interoganizacionais sob os níveis de Ocorrências de Ruptura de Produtos nas Gôndolas de varejos alimentícios. Entretanto, notou-se que a taxionomia dos Relacionamentos Interorganizacionais influencia a Avaliação do Relacionamento Interorganizacional. Por fim, pôde-se verificar que as variáveis que discriminam os grupos para a formação de uma taxionomia de Relacionamentos Interoganizacionais envolvem: Troca de Informações, Integração Operacional, Acordos Contratuais, Acordos de Cooperação, Adaptações Específicas por parte do Fornecedor e por parte do Comprador, Comprometimento e Comportamento Oportunista do Fornecedor. Estas são oriundas da Estrutura de Relacionamentos nteroganizacionais. Observa-se que as duas últimas são vistas como Aspectos Comportamentais, representando um achado inovador para a teoria de Relacionamento Interorganizacional no que tange a critérios-chave ou conectores-chave para a definição de uma taxionomia.
dc.description.abstractAbstract: Interorganizational relationships is the key them of this study, due to its academic and managerial importance. Interorganizational relationships in this study refer to those between food retailers and uppliers, studied from the perspective of workers and managers at various Brazilian food retailers. In this context, a principal objective of this study was to analyze correlations between the types of relationships, coming from the Structure of Interorganizational Relationships, with the Level of Occurrences of Stockout Retail and the Evaluation of a Relationship with Suppliers, made by the food retailing companies. To ground this study, a theoretical review was made that contemplated: the context and nature of Interorganizational Relationships; the Precursors of Interorganizational Relationships from the perspective of Situational Determinants and of the Market; the Structure of Interorganizational Relationships, coming from the organization of some of the Intervening Aspects in Technical and Behavioral Aspects; the Risks that lead to vulnerability in the Supply Chain and possibly the Interorganizational Relationships, focusing on the Occurrences of Stockout Retail; and finally, the Evaluation of Interorganizational Relationships in terms of Satisfaction and Perceived Value. From this, a Theoretical Model was developed that could be empirically assessed. The study could be characterized as a study with a quantitative approach and a descriptive character. Its development encompassed two phases: Phase 1, Qualitative-Exploratory; and Phase 2, Quantitative-Descriptive. Phase 1, Qualitative-Exploratory, gave an explanation of the theme, unit of analysis, unit of observation, and the variables that composed the Theoretical Model that was developed. Sixteen key informants were consulted, including six retail managers, six supply company managers, and four ndustry specialists. The research strategy adopted was Thematic Oral History. Data was collected from secondary sources and semi-structured interviews using an interview script, direct observation and esearcher’s log. Thematic Content Analysis was adopted to analyze the data obtained. Phase 2, Quantitative-Descriptive, focused on the objectives proposed in the study and empirically tested the selected heoretical Model. A Survey was utilized to collect the data for Phase 2. The sample size onsisted of 156 respondents. Data collection came through self-administered questionnaires available at a web site address and personal collection (printed material). A statistical software package, SPSS, was used to analyze the collected data, which allowed for the realization of a variety of parametric statistical tests in order to reach the proposed objectives (Univariate and Multivariate Descriptive, Exploratory Factorial Analysis, Pearson’s Correlation, T-test, Pearson’s Chi-squared test, Cluster and Grouping Analysis, Variance Analysis - One Way ANOVA, Discriminant Analysis). Overall, the results met the objectives, and resulted in a broader understanding of each of the variables that composed the proposed Theoretical Model. It was possible to expand the understanding about the nature, causes and consequences of the Occurance of Stockout Retail. Five groupings or clusters were identified that correspond to the taxonomy of Interorganizational Relationships. The Situational and Market Determinants were visualized as an environment or con text in which the Interorganizational Relationships operated, only the variable "Supply Importance" could be seen as influential in the taxonomic model of Interorganizational Relationships. It was not possible to verify an influence from the Interorganizational Relationship taxonomy on the levels of Occurrences of Stockout Food Retail. However, it was noted that the Interorganizational Relationships taxonomy influenced the evaluation of the Interorganizational Relationship. Finally, it was verified that the variables that define the groups into the formation of an Interorganizational Relationship taxonomy involve: Information Exchange, Operational Integration, Contractual Agreements, Cooperative Agreements, Specific Adaptations on the part of the upplier and on the part of the Buyer, and Commitment and Opportunistic Behavior by the Supplier. These come from the Structure of Interorganizational Relationships. It was observed that the last two, seen as Behavioral Aspects, represent a novel discovery for the Interorganizational Relationship Theory with respect to key criteria or key connectors in the definition of taxonomy.
dc.format.extent312f. : il. [algumas color.], grafs., tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectTeses
dc.subjectRelações interorganizacionais
dc.subjectAdministração
dc.subject.ddc658.406
dc.titleA estrutura dos relacionamentos interorganizacionais, as ocorrências de ruptura de produtos e a avaliação do relacionamento do fornecedor no varejo alimentício
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record