Show simple item record

dc.contributor.advisorOrmeño, Gabriela Reyespt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Curso de Graduação em Pedagogiapt_BR
dc.creatorOliveira, Agatha Francine dept_BR
dc.date.accessioned2023-12-05T11:23:29Z
dc.date.available2023-12-05T11:23:29Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/85409
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Gabriela Reyes Ormenopt_BR
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Curso de Graduação em Pedagogiapt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Os poucos estudos que existem sobre crianças que tem seus pais ou mãesprivados de liberdade apontam que elas tendem a ter seu desenvolvimento físico,psicológico e social comprometido. Em busca de visibilidade para estas crianças,o presente trabalho tem como objetivo apontar as situações de risco e proteçãovivenciadas por crianças que visitam seus pais ou mães encarcerados noComplexo Penal de Piraquara. Situações essas causadas tanto pelosistema/Estado, quanto por seus cuidadores legais, que os acompanham nesseprocesso de entrada no presídio. Baseado nisso, foi realizado uma pesquisa decampo, com auxilio de voluntárias, para a compreensão de quais são estassituações, como e com que frequência elas ocorrem. Foi percebido durante asobservações nos dias de visita que as mesmas estão expostas a mais de 30comportamentos de negliência, desgaste e agressão e apenas 15comportamentos protetivos. Desta forma embora seja importante o vínculo comseus genitores, os processos pelos quais são submetidos, somado às condiçõesque estão sendo expostos e à forma como são tratados, acabam nãocompensando e deixando marcas, possivelmente permanentes, nas vidas denossas criançaspt_BR
dc.description.abstractAbstract: The few studies that exist about children who have their parents with state-assisted freedom indicate that they tend to have their physical, psychological andsocial development compromised.In search of visibility for these children, this paper aims to point out the riskand protection situations experienced by children visiting their incarcerated fathersor mothers in the Piraquara Penal Complex. These situations are caused by boththe system / state and their legal caregivers, who accompany them in this processof entering the prison. Based on this, a field research was conducted, with the helpof volunteers, to understand what these situations are, how and how often theyoccur. The idea is to show that, although it seems important to bond with theirparents, the processes by which they are submitted, added to the conditions beingexposed and the way they are treated, end up not compensating and leavingmarks, possibly permanent, in the lives of their parents. our childrenpt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectFilhos de prisioneiraspt_BR
dc.subjectFilhos de criminosospt_BR
dc.subjectPrisioneirospt_BR
dc.subjectCrianças - Desenvolvimentopt_BR
dc.titleCrianças que visitam pai ou mãe encarcerados : descrição do dia da visitapt_BR
dc.typeTCC Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record