Show simple item record

dc.contributor.advisorHeimann, Jaqueline de Paula, 1985-pt_BR
dc.contributor.authorOsaka, Gustavo Takiopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Curso de Especialização MBA em Projetos Sustentáveis e Inovações Ambientaispt_BR
dc.date.accessioned2022-09-28T14:54:44Z
dc.date.available2022-09-28T14:54:44Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/78980
dc.descriptionOrientadora: Professora Doutora Jaqueline de Paula Heimannpt_BR
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Curso de Especialização em Projetos Sustentáveis e Inovações Ambientais.pt_BR
dc.description.abstractResumo: As atividades que as empresas desempenham e os impactos ambientais por elas causados, têm se tornado cada vez mais visíveis na mídia e de maior interesse dos consumidores e investidores. A agenda ESG vem conquistando cada vez mais importância nas empresas que desejam prosperidade de seus negócios a longo prazo. Desta forma, o presente estudo possui como temática os impactos financeiros que podem ser causados pelos fatores socioambientais, tanto positivos como negativos, avaliando a variação do preço das ações e valor de mercado das empresas, logo após algum acontecimento com impactos no meio ambiente e na sociedade. A pesquisa teve como base notícias de desastres ambientais de maior repercussão na mídia, como Mariana e Brumadinho, onde foram analisados os impactos no meio ambiente e nas comunidades e os impactos financeiros para a Vale (empresa responsável pelos desastres), em que foi constatado que os impactos negativos afetaram apenas para a população e para o meio ambiente, onde a empresa em pouco tempo conseguiu recuperar seu valor de mercado, superando os valores anteriores às tragédias. Também foi abordado neste estudo o modelo de negócio da Natura, uma empresa exemplo de sustentabilidade no Brasil e no mundo, analisando suas ações em prol de um mundo mais sustentável. Por fim, foi realizada uma pesquisa de campo com investidores e possíveis investidores, para compreender se e como eles levam em consideração os fatores socioambientais na hora de escolher um investimento ou realizar uma compra. Os resultados da pesquisa demonstraram que as pessoas muitas vezes não levam em consideração as questões socioambientais muitas vezes por desconhecimento. Ou então, existe o conhecimento sobre o assunto, mas muitas vezes as questões financeiras acabam levando vantagem sobre os investimentos sustentáveis. No entanto, é possível notar que as pessoas estão dispostas a ter hábitos de consumo e investimento mais sustentáveis, porém é necessário que as empresas acompanhem essas mudanças, promovendo maior acesso e competitividade no mercado sustentável.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSustentabilidadept_BR
dc.subjectMercado financeiropt_BR
dc.subjectMeio ambientept_BR
dc.titleComo os fatores socioambientais podem afetar o capital das empresaspt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record