Show simple item record

dc.contributor.advisorFiorini, Adriana, 1975-pt_BR
dc.contributor.authorHuff, Gabrieli Maria, 1998-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor Palotina. Curso de Graduação em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologiapt_BR
dc.date.accessioned2022-08-03T20:02:20Z
dc.date.available2022-08-03T20:02:20Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/77536
dc.descriptionOrientador: Profa. Dra. Adriana Fiorini Rosadopt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor Palotina, Curso de Graduação em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologiapt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.46-51pt_BR
dc.description.abstractResumo : Candida albicans é uma levedura oportunista, presente nas mucosas do trato gastrointestinal e genitourinário humano e animal. Uma grande parte das infecções provocadas por Candida está relacionada com a formação de biofilmes. As células que constituem os biofilmes podem apresentar aumento de resistência aos antifúngicos, e a busca por substâncias naturais, como extratos de cogumelos medicinais, tem sido alvo de muitos estudos. Nossa equipe de pesquisa tem estudado o potencial antimicrobiano do cogumelo gigante Macrocybe titans, recentemente encontrado no Brasil e com poucos relatos na literatura. os objetivos desse trabalho foram avaliar o efeito do extrato aquoso de M. titans sobre a inibição da formação de biofilmes produzidos por C. albicans e analisar a expressão gênica diferencial do gene HWP1, envolvido com a formação de biofilme por essa levedura. Para o preparo do extrato de M. titans, foram utilizadas partes do basidioma e píleo, os quais foram secos, triturados e diluídos em água destilada autoclavada para o preparo do extrato aquoso. Na sequência o extrato foi filtrado e liofilizado. A atividade anti-biofilme foi avaliada pelo método do Cristal Violeta, para biofilmes em formação e biofilmes préformados, utilizando microplacas de poliestireno de 96 poços em triplicata. Os resultados foram analisados por análise de variância (ANOVA) e as médias foram comparadas pelo teste t de Student utilizando-se a média e desvio padrão. A expressão do gene HWP1 de C. albicans nos diferentes ensaios foi avaliada por RTqPCR, juntamente com o gene referência ACT1. Após a extração do RNA total das leveduras, foi obtido o cDNA e a amplificação foi realizada por PCR em tempo real. A integridade dos produtos de PCR foi checada por eletroforese em gel de agarose. A expressão gênica relativa foi calculada pela fórmula 2^-??cT, em que o gene alvo (HWP1), é normalizado com a expressão do gene referência (housekeeping), e na sequência comparado ao grupo controle. Observou-se que foi necessária a concentração de 32 mg.mL-1 para a inibição da formação de biofilmes em C. albicans. Os biofilmes formados de C. albicans foram desestruturados a partir das concentrações de 63 mg.mL-1 . Para as leveduras sésseis (biofilme em formação tratado com o extrato), obteve-se um fold change de 0,63, indicando uma diminuição da expressão do gene. As amostras referentes às células planctônicas obtidas não apresentaram variação significativa na expressão gênica.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectBiofilmept_BR
dc.subjectcogumelos - Biotecnologiapt_BR
dc.subjectExpressão gênicapt_BR
dc.titleEfeito do extrato aquoso do cogumelo Macrocybe titans sobre biofilme e expressão do gene HWP1 de Candida albicanspt_BR
dc.typeMonografia Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record