Show simple item record

dc.contributor.advisorEngler, Maicon Reus, 1986-pt_BR
dc.contributor.authorBail, Renilson, 1995-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Filosofiapt_BR
dc.date.accessioned2022-05-26T13:51:00Z
dc.date.available2022-05-26T13:51:00Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/75751
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Maicon Reus Englerpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Filosofia. Defesa : Curitiba, 18/02/2022pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 145-148pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta dissertação pretende, através da aplicação de um conjunto de preceitos metodológicos hauridos junto ao diálogo Fedro, de Platão, apresentar uma interpretação da função dos cinco discursos que antecedem o encômio de Sócrates no Banquete, da relação dialógica entre tais discursos e de seu discurso com os anteriores. No primeiro capítulo o problema é enunciado, as soluções existentes na bibliografia são expostas e comentadas, com especial ênfase nas interpretações de três comentadores. No segundo capítulo mostramos que os cinco discursos iniciais dialogam entre si e com o de Sócrates em dois níveis, o conceitual e o metodológico. Tal "diálogo" se traduz em uma estrutura dialógica implícita que organiza cada discurso e os articula entre si. O objetivo do capítulo é tornar explícita essa estrutura dialógica. No terceiro capítulo, dando ouvidos ao preceito da técnica retórica correspondente ao discurso de Sócrates, apresenta-se uma caracterização da natureza do filósofo tal como delineada paradigmaticamente no discurso de Diotima, evidenciando que tal natureza é moldada por meio do exercício da dialética ao modo socrático e pela prática do Amor Ascensional à Ideia da Beleza, que culmina em um enobrecimento da alma e consequente boa disposição à prática voluntária da excelência, e inspira o filósofo a abdicar da busca pela eudemonia pessoal entendida como desejo de possuir para sempre o que é bom para si. Em vez disso, o filósofo prefere praticar ações nobres, mesmo que venha a sofrer por conta disso. Por fim, a última seção do capítulo trata da relação entre as noções arcaicas de dêmone, deus e teoria e sua relação com as Ideias.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This Master’s dissertation intents to propose an interpretation of Plato’s Symposium inspired by the same author’s Phaedrus dialogue and its rhetorical art. The problem posed revolves around the function of the first five speeches of the former work, in terms of their dialogical relation and the connection of Socrates’ encomium to the ones that precede it. In the first chapter the problem is formulated, the literature on the topic is explored, and three available approaches are exposed and commented. In the second chapter we show that there is, implicit to the first five speeches of the Symposium, a dialogical structure that organizes and articulates each one of them among themselves and to the speech of Socrates in two levels, named "conceptual" and "methodological". The conceptual one consists of different answers to the same questions; and the methodological one refers to the use of six groups of rules described at Phdr. 266d5-274b1, each rule matching the parallel speech. In the third chapter, obeying the rule analogous to Socrates’ speech, an exposition of the philosopher’s nature is presented, according to the way it is sketched in Diotima’s teaching. We argue that its nature is forged through the practices of Socratic Dialectics and the Ascensional Love of the Idea of Beauty, which culminates in the philosopher’s soul ennoblement and subsequent good disposition to the voluntary practice of excellence, and inspires the philosopher to give up the desire to be happy (understood as the desire to possess forever what is good to himself) and to choose instead the practice of noble actions, notwithstanding it may cause him to suffer. Lastly, the chapter ends with a treatment of the archaic notions of daimon, god and theory, and its relation to the Ideas.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectPlatão - Crítica e interpretaçãopt_BR
dc.subjectSócratespt_BR
dc.subjectDialeticapt_BR
dc.subjectFilosofiapt_BR
dc.titleO Banquete à luz das reflexões sobre a arte retórica do Fedropt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record