Show simple item record

dc.contributor.advisorPintarelli, Vitor Last, 1978-pt_BR
dc.contributor.authorLara, Lucas Vinicius Oliveira Alves dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Curso de Especialização em Atenção Básicapt_BR
dc.date.accessioned2021-06-04T18:39:28Z
dc.date.available2021-06-04T18:39:28Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/71017
dc.descriptionOrientador : Prof. Vitor Pintarellipt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Curso de Especialização em Atenção Básicapt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : O Plano de intervenção aplicado na comunidade do Município de Marquinho - PR tem como temática principal o Diagnóstico e o Tratamento de Episódios Depressivos/Ansiedade Generalizada em pacientes da terceira idade, e é um resultado do Curso de Especialização em Atenção Básica da UFPR, financiado pelo UNA-SUS. A proposta é relevante pois a Depressão nessa faixa etária é bastante incidente nesta localidade e muitas vezes é subdiagnosticado, pois se considera as outras comorbidades orgânicas clássicas da faixa etária e se menospreza a saúde mental do paciente, ignorando a importância de problemas psicológicos no bem- estar geral do indivíduo. O objetivo inicial deste trabalho visava diagnosticar em nossa comunidade os casos de episódios depressivos em qualquer grau utilizando dos fatores de risco pré-estabelecidos pelas diretrizes de Depressão do Ministério da Saúde, indicar tratamentos farmacológicos e não farmacológicos e posteriormente manter o seguimento na Unidade Básica de Saúde. A metodologia utilizada se baseou em captar os pacientes com fatores de risco e então organizar rodas de conversa sobre o assunto, sempre com linguagem acessível, a fim de orientar e agendar consultas individuais na Unidade quando necessário para indicar tratamentos específicos. Os resultados foram satisfatórios, pois em cada roda de conversa obtivemos assistência de em média 45 pessoas, da quais 39 foram agendadas para as consultas na Unidade e se indicou ansiolíticos, antidepressivos, mudanças no estilo de vida e psicoterapia, medidas terapêuticas essas que foram bem recepcionadas pelos pacientes. Infelizmente não contaremos com o tempo padrão para uma avaliação precisa e fidedigna dos resultados alcançados pois, como é sabido e é fato que limita nosso projeto, o tratamento de doenças mentais é longo e os resultados não são imediatos -mínimo 6 meses- porém a aderência e o otimismo dos idosos cadastrados nos indicam um excelente prognóstico. Palavra-chave: Estratégia Terapeutica. Depressão. Terceira Idade.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (17 p.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectIdosospt_BR
dc.subjectDepressão em idosospt_BR
dc.subjectIdosos - Saúde mentalpt_BR
dc.titleRoda de conversa como estratégia terapêutica para tratamento da depressão na terceira idadept_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record