Show simple item record

dc.contributor.advisorNunes, Andrea do Rocio Caldas, 1969-pt_BR
dc.contributor.authorLima, Cristina Maria Peixoto Berbertpt_BR
dc.contributor.authorSouza, Sandra Cristina Borges Pereira dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Curso de Especialização em Organização do Trabalho Pedagógicopt_BR
dc.date.accessioned2022-07-27T19:28:19Z
dc.date.available2022-07-27T19:28:19Z
dc.date.issued2000pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/66955
dc.descriptionOrientadora : Andréa do Rocio Caldas Nunespt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Curso de Especialização em Organização do Trabalho Pedagógico.pt_BR
dc.descriptionInclui referências.pt_BR
dc.description.abstractResumo : O jpresente projeto tratou de investigar como as relações de produção, num processo contraditório, têm contribuído na formação do educador da Escola Pública de Ensino Fuhdamental, em relação à compreensão do seu papel na superação do modelo social vigjente, entendendo-se como contraditória a dicotomia entre O que se faz e O que se diz. Para tanto, foi realizada uma análise de entrevistas para identiñcar se, nas relações sóciopolíticas e, essencialmente humanas, ter consciência social e, portanto política, poderá trazer ao educador indagações e exigências que lhe cobrem a participação efetiva no prócesso pedagógico, de maneira que, muitas vezes, sua intencionalidade particular tenha quje ceder à intencionalidade coletiva. Asšsim sendo, pretendeu-se com este estudo, levantar dados através de uma pesquisa de campo junto aos profissionais da educação que atuam nas Escolas Públicas de Ensino Fuhdamental da Rede Municipal de Araucária, que revelem se a participação do educador na prática politica e produtiva pode ou não ficar contida entre as paredes de seu restrito ambiente de trabalho: a escola; quais os motivos que impedem esse educador de atuar de modo efetivo junto à classe trabalhadora; se seu aprendizado nas relações de trabalho lhe dãp a competência suficiente para interferir em todas as instâncias que compõem a vida social; se esse profissional trabalha em educação, considerando-se que trabalho é a síntese entre teoria e prática. Idêntificou-se a partir dessa análise, a necessidade de que esses educadores tenham mais quh a "clareza política", e sim a efetiva prática política como elemento de reeducação e formação, levando-os para além do "saber político" ou uma opção teórica, até a cunnplicidade prática com um projeto mais amplo de construção de uma nova sociedade.pt_BR
dc.format.extent41 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectSindicatos - Professores - Professorespt_BR
dc.subjectPolitica e educaçãopt_BR
dc.titleSindicato e escola : algumas considerações sobre a formação política do educador da escola pública de ensino fundamentalpt_BR
dc.typeMonografia Especializaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record