Show simple item record

dc.contributor.advisorAngelo, Alessandro Camargo, 1971-pt_BR
dc.contributor.authorCosta, Ana Carolinapt_BR
dc.contributor.otherSanches, Andreá da Luzpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Curso de Especialização MBA em Gestão Ambientalpt_BR
dc.date.accessioned2019-08-14T13:59:14Z
dc.date.available2019-08-14T13:59:14Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/59734
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Alessandro Camargo Angelopt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Curso de Especialização MBA em Gestão Ambiental.pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : Os sistemas agroflorestais são sistemas de implantação de vegetação utilizada na maioria das vezes por pequenos e médios produtores, onde eles conseguem produzir e vender seus produtos e ao mesmo tempo garantir biodiversidade no local. Sendo assim, esses sistemas tem grande importância para a renda do produtor e para a proteção do meio ambiente. Este trabalho tem como objetivo analisar essas afirmações. Para isso, foi feito um estudo de referências bibliográficas através do Google Scholar, onde se obteve artigos científicos, monografias, dissertações de mestrado e doutorado, periódicos, livros e outros documentos, usando palavras chaves referentes ao tema, sendo elas: SAF, sistemas agroflorestais, recuperação de áreas degradadas, agricultura, uso do solo. Deu-se prioridade a estudos com menos de 25 anos. Através da junção dessas pesquisas, chegou-se a estatística de que 98,8% das áreas degradadas do país são referentes a agricultura e pastagem. Os SAF’s trazem retorno financeiro e ambiental, e a recuperação de áreas tradicional não traz retorno financeiro, sendo o SAF mais apropriado ao pequeno produtor, que precisa da terra para seu sustento. Observou-se também que os SAF’s são sistemas que produzem por todo o período de implantação, garantindo assim a renda do produtor. Dessa forma, chegou-se a conclusão de que o SAF é sim interessante para o pequeno produtor garantir sua renda e para o ambiente, pois garante diversidade de espécies vegetais e animais, qualidade do solo e ciclo hidrológico, causando impactos mínimos a natureza.pt_BR
dc.format.extent28 p : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSistemas agroflorestaispt_BR
dc.subjectAreas degradadas - Brasilpt_BR
dc.subjectSolos - Usopt_BR
dc.titleUso de sistemas agroflorestais na recuperação de áreas degradadaspt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record