Show simple item record

dc.contributor.advisorPetzl-Erler, Maria Luiza, 1953-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Curso de Graduação em Ciências Biológicaspt_BR
dc.creatorDalabona, Glauciapt_BR
dc.date.accessioned2023-02-16T16:23:40Z
dc.date.available2023-02-16T16:23:40Z
dc.date.issued1997pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/32615
dc.descriptionOrientador: Maria Luiza Petzl-Erlerpt_BR
dc.descriptionMonografia (Bacharelado) - Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Curso de Graduaçao em Ciencias Biológicaspt_BR
dc.description.abstractResumo : De acordo com a localização no cromossomo, estrutura, função e distribuição tecidual dos produtos dos genes do MHC, os mesmos são agrupados em três classes designadas I, n e ill. Os produtos codificados pelos genes de classe I e R que constituem o sistema HLA, são expressos na superficie das células e possuem papel importante no reconhecimento imunológico. Grande parte dos genes do MHC são polialélicos e com alto grau de polimorfismo, porém, as freqüências alélicas variam entre as populações. O gene HLA-DRA possui até o momento apenas dois alelos conhecidos, DRA *0 101 e DRA *0 I 02, e o primeiro é considerado monomórfico, embora não existam registros de trabalhos populacionais para o gene. Provavelmente por este motivo, acrescido do fato de que o gene possui apenas dois alelos conhecidos, é que tal consideração tenha sido adotada. Este trabalho teve como objetivos identificar os alelos desse gene e suas freqüências nas tribos Kaingang e Guarani, que são distintas e isoladas, e em uma amostra de população não indígena, comparando a distribuição dos alelos nessas populações, bem como as metodologias laboratoriais utilizadas. Foi encontrada uma alta freqüência para o alelo DRA *0 I 02 em todas as populações estudadas, e, entre Kaingangs, este alelo chegou a ser mais freqüente que o DRA *0 I O I. As freqüências encontradas para os alelos DRA*OIOI e DRA*0102 foram, respectivamente, 0,6043 e 0,3957 na amostra de população paranaense mista, 0,6923 e 0,3077 na amostra de indígenas Guarani e 0,4580 e 0,5420 na amostra de indígenas Kaingang. Estes resultados sugerem que o gene HLA-DRA seja polimórfico não apenas nas populações estudadas, como também em diversas outras populações do mundo.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectGenetica de populaçoespt_BR
dc.subjectIndios - Paranápt_BR
dc.titleHLA-DRA: um gene polimórfico em populações indígenas e mistas do Estado do Paranápt_BR
dc.typeTCC Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record