Show simple item record

dc.contributor.authorMeyer, Bernardo
dc.contributor.otherBulgacov, Sergio, 1950-
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Administração
dc.date.accessioned2015-11-16T19:21:09Z
dc.date.available2015-11-16T19:21:09Z
dc.date.issued2011
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26220
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Sergio Bulgacov
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba,14/03/2011
dc.descriptionBibliografia: fls. 276-294
dc.descriptionÁrea de concentração: Estratégia e Organizações
dc.description.abstractResumo: O desempenho de uma organização depende de variáveis políticas. As organizações desenvolvem estratégias políticas para se adaptarem aos diferentes ambientes, criando as condições necessárias para o sucesso de suas operações. O objetivo desta pesquisa foi analisar as estratégias políticas praticadas por uma empresa brasileira em sua atuação em mercados estrangeiros. O referencial teórico apoiou-se, especialmente, nas contribuições de Boddewyn e Brewer (1994), Schuler (1996), Hillman e Hitt (1999) e Blumentritt (2003) quanto às estratégias políticas; dos autores Pfeffer e Salancik (2003) quanto à teoria da dependência de recursos e de autores como Scott (2001) e Zimmerman e Zeitz (2002) no que se refere à teoria institucional. O estudo caracterizou-se como um estudo aprofundado de um caso, concentrando-se em uma única organização, do ramo de construção, examinando as estratégias políticas utilizadas em suas operações internacionais. Os resultados indicaram que a organização utilizou-se de uma variedade de estratégias políticas direcionadas a atores governamentais, tanto no país de origem quanto no país de destino. Outros atores não governamentais também foram alvo de estratégias políticas específicas mas, de menor importância, se comparadas àquelas relacionadas aos atores governamentais. Essas estratégias políticas são conduzidas tanto de maneira coletiva quanto individual, assim como a sua maioria tem o foco voltado a resultados de longo prazo. As principais conclusões apontam que o uso de estratégias políticas constituiu-se condição essencial para o sucesso do processo de internacionalização da empresa. Essas estratégias permitiram diferenciar a empresa Alpha de seus concorrentes pela forma como foram tratados os diversos stakeholders tanto no contexto brasileiro como internacional. As estratégias políticas envolveram práticas como conversas, negociações e articulações para obter contratos e financiamento para as obras; revestindo-se de relevância para o sucesso das atividades nos novos mercados externos. Um modelo de estratégias políticas é apresentado ao final com base nas práticas desenvolvidas pela empresa foco do estudo. A contribuição teórica deste trabalho está na apresentação da utilização de estratégias políticas para a formação de arranjos estratégicos entre concorrentes, empresas estatais e governo de origem para conquistar contratos internacionais. A pesquisa revela cinco tipos de estratégias políticas específicas que não eram descritas no corpo teórico da área. O trabalho também dá importante contribuição ao sugerir um novo conceito para estratégia política. Ao final, são feitas sugestões para futuras pesquisas na área da internacionalização de empresas de engenharia para analisar as estratégias políticas também utilizadas por essas empresas
dc.description.abstractAbstract: The performance of an organization depends upon political variables. It is the environment that will determine the capacity of influencing of these variables. Organizations develop political strategies in order to adapt to different environments, creating the conditions that are necessary to the success of their operations. The goal of this research is to analyze the political strategies used by a Brazilian company in their foreign ventures. The theoretical base is supported manly by the contributions of Boddewyn and Brewer (1994), Schuler (1996), Hillman and Hitt (1999) and Blumentritt (2003) in relation to political strategies, by Pfeffer and Salancik (2003) in relation to resource dependence theory and by Scott (2001) and Zimmerman e Zeitz (2002) in regards to institutional theory. This research is an in depth case study, which is focused on a single organization, which operates in the engineering market, whose international political strategies were examined. The results indicate that an organization used a variety of political strategies centered in governmental actors, in the host country and the country of origin. The non-governmental actors we are also focus of specific political strategies, but with less importance when compared to governmental actors. These political strategies are conducted individually and collectively, and most part are focuses on long term results. The main conclusions of this demonstrate that the use of political strategies is an essential condition to the success of the internationalization of the company. These specific strategies permitted differentiation from its competitors through the relationships developed with its stakeholders in Brazil and abroad. Political strategies involve activities like conversations, negotiations, and articulations in order to gain contracts and funding for projects. A model of political strategies is presented in the end of this research. The theoretical contribution of this research is to present the use of political strategies to develop ties with competitors, state owned companies and home governments in order to obtain international contracts. This also research reveals five different types of political strategies that were not described in the field.s theoretical base. A new concept of political strategies is another important theoretical contribution presented of this doctoral dissertation. In the end, there are suggestions for the development of new research on internationalization of engineering companies to analyze the political strategies also used by other companies.
dc.format.extent298f. : grafs., tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectTeses
dc.subjectPlanejamento estrategico
dc.subjectEmpresas multinacionais
dc.subjectEmpresas - Globalização
dc.subjectAdministração
dc.titleEstratégias políticas nos mercados internacionais : o caso de uma empresa de engenharia brasileira
dc.typeTese


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record