Show simple item record

dc.contributor.authorAlmeida, Inozemar Martins da Silvapt_BR
dc.contributor.otherSantos, Emanuela Carla dos, 1990-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Curso de Especialização em Atenção Básicapt_BR
dc.date.accessioned2021-06-04T19:19:32Z
dc.date.available2021-06-04T19:19:32Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/71033
dc.descriptionOrientadora : Msc. Emanuela Carla dos Santospt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Curso de Especialização em Atenção Básicapt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : Introdução: O Plano de Intervenção que trata da Estratégia para Ampliação da Acessibilidade e Melhoria na Abordagem da Hipertensão Arterial na UBS de Capitão Leônidas Marques-PR, é um resultado do Curso de Especialização em Atenção Básica da UFPR, financiado pelo UNA-SUS. Uma das atribuições da Atenção Básica, é a função de ser a porta de entrada para o sistema de saúde, levando a UBS a ser o contato preferencial dos usuários, envolvendo ações relacionadas com aspectos coletivos e individuais, visando resolver os problemas mais frequentes e que trazem maiores agravos. Esse atributo essencial, não sobressaía na fala do usuário da UBS Pedro Dallabrida, pelo contrário, havia a expressão de tentativas frustradas de privação dos direitos à saúde, vivenciadas no dia a dia e esse uso inoportuno dos serviços de saúde pode ser um fator de agravo das doenças crônicas como a Hipertensão arterial, que tem uma alta prevalência na área adscrita, sendo 8,6% dos 2.880 usuários cadastrados. Objetivos: diminuir filas para atendimento médico, promover formas de agendamento, desenvolver ações para melhor acompanhamento dos hipertensos e aumentar vínculo dos usuários com ESF - Equipe de Estratégia de Saúda da Família. Método: Este plano de ação seguiu o planejamento estratégico situacional da UBS, envolvendo a opinião do usuário, dados de fichas cadastrais e revisões bibliográficas. A organização da agenda de atendimento médico, a viabilização de atendimento a grupos específicos, a busca ativa dos 247 hipertensos cadastrados pelos agentes comunitários de saúde e a implantação de HIPERDIA foram os recursos principais utilizados. Resultados: se alcançou a melhor qualidade no acesso, resolutividade no atendimento e um melhor controle dos níveis pressóricos com maior adesão ao auto cuidado dos hipertensos. Conclusões: Se nota que a Equipe de Estratégia de Saúde da Família tem autonomia na adequação do atendimento de acordo às necessidades dos usuários, e que as atividades programadas como HIPERDIA refletem diretamente na melhoria dos indicadores de saúde, apesar do mesmo apresentar uma fragilidade que é o risco do atendimento tornar-se predominantemente para dispensação de medicamentos. Palavras-chaves: Demanda. Acesso. Estratégia. Hipertensão.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (34 p.) : il., color.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectHipertensãopt_BR
dc.subjectEstratégia Saúde da Família - Brasilpt_BR
dc.subjectEquipe de assistência ao paciente - Utilizaçãopt_BR
dc.subjectHumanização na saúdept_BR
dc.titleEstratégia para ampliação da acessibilidade e melhoria na abordagem da hipertensão arterial na UBS de Capitão Leônidas Marques - PRpt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record