Show simple item record

dc.contributor.advisorSlompo, Ademirpt_BR
dc.contributor.authorJahnke, Marcos Antoniopt_BR
dc.contributor.otherSilva, Helena de Fátima Nunes, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Especialização em Estratégias em Segurança Públicapt_BR
dc.date.accessioned2020-11-26T02:10:51Z
dc.date.available2020-11-26T02:10:51Z
dc.date.issued2008pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/64855
dc.descriptionOrientadores: Ademir Slompo, Helena de Fatima Nunes Silvapt_BR
dc.descriptionMonografia(Especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Curso de Especialização Estrategias em Segurança Publicapt_BR
dc.description.abstractResumo: Este trabalho teve como principal intenção a de diagnosticar quais seriam as ocorrências atendidas que poderiam ser suprimidas dos protocolos de atendimento pré-hospitalar, prestado pelos socorristas do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Paraná através do SlATE (Sistema Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergências), que e considerado hoje o mais importante dentre os serviços prestados pela Corporação. Esta situação decorre principalmente pelo fato de ser um socorro rápido e eficiente, proporcionado a comunidade vitimada por situações traumáticas, possibilitando a diminuição das sequelas, o transporte correto e a diminuição no tempo de internamento nos centros hospitalares, para uma priorização das ocorrências graves. Para tanto foram realizados levantamentos do quantitativo de ocorrências, tabulando principalmente os dados numéricos dos atendimentos leves dos anos de 2006, 2007 e até o mês de setembro de 2008, no município de Foz do Iguaçu, Paraná. Ainda foram consultados os socorristas, pois, são eles que estão na linha de frente do salvamento das vítimas de traumas. Como conclusão foi possível observar a porcentagem de ocorrências onde há o emprego desnecessário de recursos materiais e humanos em detrimento de outras situações de maior relevância. Como consequência foi ainda sugerida a retomada, de forma mais eficiente, da capacitação dos socorristas, pois somente assim todos os esforços estarão realmente direcionados aos casos graves e o sistema efetivamente atendera situações traumáticas onde há o risco de morte.pt_BR
dc.format.extent65 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAssistencia em emergênciaspt_BR
dc.subjectPrimeiros socorrospt_BR
dc.titleReestruturação dos protocolos do Sistema Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergências (SIATE)pt_BR
dc.typeMonografia Especializaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record