Show simple item record

dc.contributor.advisorGobbi, Eduardo Felgapt_BR
dc.contributor.authorGavino, Willerson Raphael Giacomittipt_BR
dc.contributor.otherMacedo, Valeria de Cássiapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Curso de Especialização MBA em Gestão Ambientalpt_BR
dc.date.accessioned2019-07-05T14:15:00Z
dc.date.available2019-07-05T14:15:00Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/58677
dc.descriptionOrientador : Dr. Eduardo Felga Gobbipt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Curso de Especialização MBA em Gestão Ambientalpt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : O referido trabalho propõe soluções técnicas para viabilizar a disponibilização de resíduos sólidos gerados no município. A alternativa proposta é a implementação de um Aterro Sanitário que será responsável por confinar os resíduos gerados no decorrer dos próximos 15 anos. O Aterro Sanitário é um método de tratamento e disposição final de resíduos sólidos que é embasado em princípios de engenharia para confinar os resíduos sólidos à menor área possível e reduzi-los ao menor volume permissível. Esta técnica de disposição final de resíduos consiste no aterramento diário de resíduos sólidos, cobrindo os mesmos ao final de cada jornada de trabalho com uma camada de terra. Durante o processo de confinamento, parte dos resíduos são biodegradados por microrganismos presentes. Este processo de biodegradação gera gases, os quais devem ser coletados e tratados (queimados). Nos dias em que ocorre precipitação, a água da chuva percola pelos resíduos e acaba se tornando contaminada, devendo ser coletados e tratados os líquidos percolados, mitigando seus efeitos adversos sobre o meio ambiente. O presente trabalho, portanto, busca identificar os principais passivos ambientais decorrentes da implantação de um aterro sanitário, tendo como objeto de análise um estudo de caso do processo de licenciamento de um aterro sanitário no município de Pinhão-PR. Foi proposto o método de aterramento em trincheiras para confinar os resíduos, o um sistema de Lagoas de Estabilização para o tratamento de lixiviados.pt_BR
dc.format.extent31 p : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectResíduos sólidos - Aterro sanitáriopt_BR
dc.subjectMapa Topográfico - Pinhão (PR)pt_BR
dc.subjectBiodegradaçãopt_BR
dc.titleLicenciamento ambiental de aterros sanitários : um estudo de caso no município de Pinhão-PRpt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record