Show simple item record

dc.contributor.authorSouza, Mariana Espindola dept_BR
dc.contributor.otherDalla Corte, Ana Paulapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Curso de Especialização em Projetos Sustentáveis, Mudanças Climáticas e Mercado de Carbonopt_BR
dc.date.accessioned2017-05-12T21:46:39Z
dc.date.available2017-05-12T21:46:39Z
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/44826
dc.descriptionOrientadora: Dra.Ana Paula Dalla Cortept_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Curso de Especialização em Projetos Sustentáveis, Mudanças Climáticas e Mercado de Carbonopt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: As alterações do perfil de consumo da população brasileira foram significativas após a implantação do Plano Real, se considerarmos em conjunto a busca pela "estabilidade" econômica os fenômenos migratórios e o adensamento de centros urbanos, temos um incremento populacional em áreas pequenas, quando comparado com a área do território brasileiro. As alterações de consumo de bens duráveis, não-duráveis e serviços que resultou em retomada da economia acompanhada pelo acréscimo de produção de resíduos, seja para transporte, embalagem, e outros desses produtos consumidos. Não foi diferente no Município de Pinhais, localizado na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), Estado do Paraná. O presente estudo visa o interesse local, regional e científico, ao levantar questões no contexto dos resíduos sólidos urbanos – municipais sobre o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). O objetivo desse artigo é analisar e estimar a quantidade de emissões e Gases de Efeito Estufa (GEE), metano (CH4) e dióxido de carbono (CO2) ambos em toneladas equivalente, produzidos pelo Município de Pinhais e dispostos pelo no aterro sanitário da Caximba, em Curitiba, no período de 2006 a 2010. Para isso foi utilizado o método proposto pelo Intergovernmental Panel of Climate Change (IPCC, 1996) na simulação da dinâmica. O período de simulação considerado um para um cenário de trinta anos. Para tanto serão necessários dados de população e o cálculo da taxa de resíduos sólidos gerada por habitante para o período em estudo, que serão resultados parciais. Os resultados obtidos nesse trabalho quantificam a estimativa e mostram a dinâmica do período avaliado, considerando a quantidade de gases pelo metano recuperado do aterro em questão. Para o município em estudo foi obtido o total de 183.768 ton CO2 equivalente de emissões. Com esses resultados é esperado que seja estimulado a coleta de dados nos municípios (manutenção de série histórica) bem como maior estudo sobre a temática, podendo a servir como instrumentos e subsídios para formulação de políticas públicas de cunho sócio ambiental direcionado ao(s) aterro(s) da RMC.pt_BR
dc.format.extent26 f. : il. (algumas color.), 1 mapa, tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.subjectResíduos sólidos - Aspectos ambientais - Pinhais (PR)pt_BR
dc.subjectAterro sanitário - Curitiba, Região Metropolitana de (PR)pt_BR
dc.subjectGases estufapt_BR
dc.titleDinâmica das emissões dos resíduos sólidos urbanos : município de Pinhais - PR - período 2006 a 2010pt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record