Show simple item record

dc.contributor.authorMessmar, Dania Kemelpt_BR
dc.contributor.otherMessias, Iara José Taborda de, 1958-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticaspt_BR
dc.date.accessioned2020-07-13T17:48:24Z
dc.date.available2020-07-13T17:48:24Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/41751
dc.descriptionOrientadora : Profª. Drª. Iara José Taborda de Messias Reasonpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. Defesa: Curitiba, 14/03/2013pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. [71-74]pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Insumos, medicamentos e correlatospt_BR
dc.description.abstractResumo: A busca por novos medicamentos para o tratamento da osteoartrite tem-se tornado cada vez mais necessária devido aos efeitos colaterais produzidos pelos analgésicos e antiinflamatórios utilizados na prática médica atual. Ainda, por ser uma doença de maior prevalência em idosos, as co-morbidades apresentadas por esta população restringem o espectro de opções dos medicamentos analgésicos. Alguns fitoterápicos são indicados para auxiliar o tratamento de doenças reumáticas, mas não existem estudos suficientes que comprovem suas eficácias. O caroço de abacate (Persea americana (Mill.) Lauraceae) é utilizado na medicina popular para o tratamento da dor em pacientes que sofrem de doenças reumáticas, como a osteoartrite e a artrite reumatóide. O presente estudo avaliou a ação antiinflamatória e analgésica dos extratos obtidos das sementes de Persea americana (Mill.), em diferentes solventes e concentrações, em ensaios in vitro e in vivo. O ensaio de citotoxicidade in vitro (MTT) demonstrou que o extrato das sementes de Persea americana não são citotóxicos (p>0.05) nas primeiras 24 horas do experimento nas concentrações 0,1?g/mL (49.07 ± 2.26 ABS/106 céls) e 1 ?g/mL (47.77 ± 3.05 ABS/106 céls) em comparação com o grupo controle (48.01 ± 2.45 ABS/106 céls), tampouco nas 48 horas do experimento (p>0,05) nas concentrações 0,1?g/mL (54.96 ± 8.01 ABS/106 céls) e 1 ?g/mL(54.24 ± 9.20 ABS/106 céls) quando comparados ao controle (59.54 ± 10.72 ABS/106 céls) em células macrofágicas da linhagem RAW 264.7. Outro resultado, obtido no teste de liberação de citocinas pró-inflamatórias utilizando o sobrenadante das células cultivadas no ensaio do MTT, indicou que o extrato de Persea americana é capaz de diminuir a liberação das citocinas MCP-1 na concentração de 0,1?g/mL (não detectável) e 1?g/mL (60,25±1,83 pg/mL) em comparação com o nível basal desta quimiocina (297,15±2,70 pg/mL). O mesmo aconteceu com a citocina TNF: o extrato foi capaz de diminuir a citocina em questão nas concentrações 0,1?g/mL (7,15±1,60 pg/mL) e 1?g/mL (10,95±1,46 pg/mL) no sobrenadante das células RAW 264.7 em relação ao grupo controle (94,24±2,26 pg/mL). No ensaio do edema de pata de camundongo induzido por carragenina, o extrato bruto das sementes de Persea americana demonstrou reduzir o edema de pata em 50% (extrato à 100%) e 40% (extrato à 50%) em comparação ao tratamento com diclofenaco que reduziu o inchaço em cerca de 25% (pomada à 10mg/g). Os resultados mencionados acima demonstraram-se promissores, sugerindo a continuidade do estudo para produção e utilização de um fitoterápico a base do extrato das sementes de Persea americana poderá auxiliar no tratamento de dores crônicas, incluindo a osteoartrite.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Since the analgesics and anti-inflammatory drugs used on daily medicine to treat osteoarthritis are associated with several undesirable side effects, the search for new safe and effective drugs to treat this disorder is necessary. Besides that, the high prevalence of this disease in elderlies restricts the spectrum of medicines that could be used as analgesics and antiinflammatories due to the presence of comorbidities.Some phytoterapics are indicated for the treatment of rheumatic diseases, although there are no sufficient studies that comprovate their efficacies. Avocado's seeds (Persea americana (Mill.) Lauraceae) are used in popular medicine to treat pain related to rheumatic diseases, such as osteoarthritis and rheumatoid arthritis. In this study, the antiinflammatory effects of the extracts obtained from the seeds of Persea americana, in different solvents and concentrations, were evaluated using in vivo and in vitro assays. The citotoxicity in vitro assay (MTT) in macrophagic murine cells RAW 264.7 demonstrated that Persea americana seed's extract is not citotoxic (p>0.05) in the first 24 hours of the experiment in the concentrations of 0.1?g/mL (49.07 ± 2.26 ABS/106 cells) and 1.0 ?g/mL (47.77 ± 3.05 ABS/106 cells) compared to the control group (48.01 ± 2.45 ABS/106 cells); neither at the 48h in the concentrations of 0.1?g/mL (54.96 ± 8.01 ABS/106 cells) e 1.0 ?g/mL (54.24 ± 9.20 ABS/106 cells) when compared to the control group (59.54 ± 10.72 ABS/106 cells). The assay to evaluate the secretion of pro-inflammatory cytokines by macrophagic murine cells RAW 264.7 in culture showed that Persea Americana extract is capable of reducing the release of MCP-1 in the concentration of 0.1?g/mL (not detectable) and 1.0 ?g/mL (60.25 ± 1.83 pg/mL) compared with basal levels of this chemokine (297.15 ± 2.70 pg/mL, p< 0.001). The same effect was observed for the cytocine TNF: the extract was capable of reducing the secretion of this cytocine at the concentrations 0.1?g/mL (7.15±1.60 pg/mL) and 1.0?g/mL (10.95±1.46 pg/mL) compared to control group (94.24±2.26 pg/mL). The Carrageenan induced paw edema in vivo assay showed that the Persea americana seeds brute extract reduced the paw edema at 50% (extract 100%) and 40% (extract 50%) in comparison to the treatment by diclofenac, which reduced the sweeling in 25% (ointment 10mg/g). These results are promising and further studies aiming the development of phytoterapics containing Persea Americana seed extract which could be helpful for the treatment of chronic pain, including osteoarthritis, should be encouraged.pt_BR
dc.format.extent74 f. : il. algumas color.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectFarmáciapt_BR
dc.subjectAbacatept_BR
dc.subjectInflamaçãopt_BR
dc.subjectArtrite reumatoidept_BR
dc.subjectTratamentopt_BR
dc.subjectPlantas medicinaispt_BR
dc.titleAvaliação da atividade anti-inflamatória dos extratos das sementes de Persea americana (Mill.) Lauraceaept_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record