Show simple item record

dc.contributor.advisorRochadelli, Robertopt_BR
dc.contributor.authorSchneider, Alessandro Viniciospt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-18T19:52:23Z
dc.date.available2013-06-18T19:52:23Z
dc.date.issued2013-06-18
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/3886
dc.description.abstractO segmento produtor de móveis no Brasil vem apresentando crescimento considerável nos últimos anos, sendo alvo da atenção de diversos segmentos da área governamental em virtude de suas possibilidades, tanto em termos de geração de divisas, aumentos substanciais nos volumes exportados, como também de criação de novos empregos e de desconcentração regional. Objetivou-se realizar uma pesquisa diagnóstico no segmento moveleiro no que se refere ao comportamento do empresário no que tange a gestão da informação aplicada a sistemas empresariais para geração de competitividade nos negócios. A pesquisa foi realizada no segmento moveleiro do Paraná, nas empresas que compõem esse segmento nas regiões Norte e Oeste do Estado, especificamente nas cidades de Arapongas, Cascavel e Foz do Iguaçu. Foram pesquisadas 35 empresas nas respectivas regiões. A pesquisa foi realizada através de questionários pré-elaborados. Os dados foram tratados de forma descritiva, procurando descreve-los e interpreta-los a luz do referencial teórico. O padrão apresentado na pesquisa se caracteriza, na grande maioria, pelo pequeno porte de seus estabelecimentos industriais. As empresas produzem, na grande maioria, móveis para residências e móveis para escritórios, sendo que 81,85 % da produção são destinados para o mercado interno, e 18,15 % destinados para a exportação. As informações geradas no departamento de produção representam para 71,42 % dos empresários, fator de prioridade para a competitividade nos negócios. As micro e pequenas empresas são menos avançadas tecnologicamente, e utilizam em menor proporção as técnicas de gestão administrativa, tendo como característica um processo de produção artesanal, extrapolado para as técnicas de gestão administrativa. Priorizam as informações geradas no nível gerencial seguido as do nível operacional, não dando ênfase nas informações geradas no nível estratégico. As empresas de porte médio são mais avançadas tecnologicamente, e utilizam em maior proporção às técnicas de gestão administrativa. A produção se dá em escala, e necessita de informações mais precisas. Priorizam e utilizam todas as informações geradas nos três níveis organizacionais. Independente do tamanho da empresa, as coletas de informações do ambiente interno são realizadas semanalmente, seguidas das coletas diárias. As informações do ambiente externas são coletadas semanalmente, seguidas das coletas mensais, não ocorrendo coletas diárias. Os sindicatos são a maior fonte de informações do ambiente externo.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSistemas de informação gerencialpt_BR
dc.subjectGerência de recursos informacionaispt_BR
dc.subjectIndustria de moveis - Paranápt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleGestão da informação no segmento moveleiro nas regioes norte e oeste do Estado do Paranápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record