Show simple item record

dc.contributor.authorBressani, Valdecirpt_BR
dc.contributor.otherQuadros Junior, Itanel Bastos de, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Artes, Comunicação e Design. Programa de Pós-Graduação em Comunicaçãopt_BR
dc.date.accessioned2015-05-06T19:56:23Z
dc.date.available2015-05-06T19:56:23Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/37841
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Itanel Bastos de Quadros Jr.pt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Parana, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Defesa: Curitiba, 23/03/2015pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Comunicação e sociedadept_BR
dc.description.abstractResumo: A formação dos futuros padres para a comunicação é um dos temas pertinentes para a Igreja Católica no Brasil e no mundo. O objetivo deste trabalho foi discutir a relevância da comunicação e suas variáveis no processo formativo dos futuros padres na Igreja Católica do Brasil. Paralelo a esse processo buscou-se compreender como a Igreja Católica pensa e desenvolve a formação dos presbíteros no campo da comunicação, tendo em vista o processo de midiatização da sociedade atual. O sacerdote, ou presbítero é, por força de ofício, um comunicador no espaço do sagrado. Ele é um importante agente social da comunicação e por isso necessita de preparação e formação que possibilitem contribuir no diálogo entre a fé cristã e a cultura contemporânea, cada vez mais midiatizada. Este trabalho apresenta uma análise dos principais documentos da Igreja Católica a partir de 1936, que tratam da formação para a comunicação além da análise da Matriz Curricular de 60 cursos de Filosofia e de 58 cursos de Teologia, presentes nos 18 Regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Parte-se da hipótese de que a formação para a comunicação ainda não é prioridade nos currículos de Filosofia e Teologia e constata-se a ausência de uma politica educacional que contemple uma formação para os desafios atuais decorrentes de uma sociedade cada vez mais midiatizada. O referencial teórico leva em conta o próprio pensamento comunicacional da Igreja, somado ao pensamento crítico atual de autores que tratam da discussão sobre o processo de midiatização da sociedade e da religião; de conceitos de cultura midiática e da compreensão das influências das tecnologias digitais e conectivas em relação ao modo de pensar e viver a fé cristã. PALAVRAS - CHAVE: Comunicação. Formação Presbiteral. Educação. Currículos.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The formation of future priests for communication is one of the important themes for the Catholic Church in Brazil and the world. The objective of this study was to discuss the importance of communication and its variables in the training process of future priests in the Catholic Church in Brazil. Parallel to this process, we worked out how to understand the thinking of the Catholic Church and how it develops the formation of priests in the communication field, looking at the media coverage of the process of the present society. The priest is, by letter of strength, a communicator in the sacred space. He is an important social agent of communication and therefore requires preparation and training that enables him to contribute to the dialogue between the Christian Faith and contemporary culture, which is increasingly mediated. This paper presents an analysis of the main documents of the Catholic Church since 1936, dealing with training for communication beyond an analysis of Matrix Course of the 60 philosophy courses and 58 theology courses, present in 18 regional groups of the National Conference of Bishops of Brazil (CNBB). It starts with the hypothesis that the training in communication is not still a priority in the curriculum of philosophy and theology, and notes the absence of an educational policy that includes training for the current challenges arising from an increasingly mediated society. The theoretical framework takes into account the very communicative mind of the Church, added to the current critical thoughts of the authors that deal with the discussion of the mediatory process of society and of religion, and also of media culture concepts and the understanding of the influences of digital and connective technologies in relation to the way of thinking and living the Christian Faith. Key-words: Communication. Formation Presbyteri. Education. Curriculum.pt_BR
dc.format.extent145f. : il. algumas color., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDesignpt_BR
dc.titleA comunicação na formação presbiteral da Igreja Católica no Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record