Show simple item record

dc.contributor.authorCavalli, Alexandre Cavalheiropt_BR
dc.contributor.otherFraga, Rogerio dept_BR
dc.contributor.otherTambara Filho, Renato, 1945-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgicapt_BR
dc.date.accessioned2015-04-22T12:51:18Z
dc.date.available2015-04-22T12:51:18Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/37060
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Rogerio de Fragapt_BR
dc.descriptionCo-orientador Prof. Dr. Renato Tambara Filhopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 01/09/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Clínica cirurgicapt_BR
dc.description.abstractResumo: A terapia imunossupressora tem melhorado a sobrevida e a duração dos enxertos no transplante renal. Um ponto negativo, no entanto, diz respeito à toxicidade causada por estas drogas. Objetivo: Este estudo objetivou avaliar a toxicidade renal causada pelo tacrolimus e micofenolato mofetil (MMF) em um modelo de isquemia e reperfusão de rim único. Material e Método: Estudo experimental utilizando ratos Wistar, os quais foram submetidos à nefrectomia direita e isquemia renal esquerda por 20 minutos, sendo separados em grupos no pósoperatório (PO): 1) Controle (não operados); 2) Sham (operados, sem droga PO); 3) TAC0.1, TAC1 e TAC10, administrado tacrolimus PO nas doses 0,1 mg/kg, 1 mg/kg e 10 mg/kg via gavagem, respectivamente; 4) MMF, administrado micofenolato mofetil 20 mg/kg; 5) MMF/TAC1 e MMF/TAC0.5, com associação de micofenolato mofetil 20 mg/kg e tacrolimus 1 mg/kg e 0,5 mg/kg, respectivamente. Foram mortos no 14º PO e retirado rim para análise do estresse oxidativo tecidual, pela dosagem de glutationa reduzida (GSH), lipoperoxidação (LPO) e carbonilação de proteínas (PCO), e análise histológica por estereologia glomerular (Densidade de volume glomerular, Densidade numérica glomerular e Volume glomerular médio). Também foi avaliada a função renal pela dosagem de creatinina e uréia séricas. Resultados: Ambas as drogas provocaram alteração na função renal, sendo a toxicidade do tacrolimus dose-dependente. Neste curto intervalo de tempo, a toxicidade subaguda não mostrou alterações histológicas glomerulares significativas, sendo que houve hipertrofia renal e glomerular compensatória em todos os grupos exceto em TAC10. A dosagem de GSH teve aumento dose-dependente com uso de tacrolimus e micofenolato mofetil isolados, mas não em associação das drogas. LPO e PCO não se alteraram com o emprego do tacrolimus e houve redução de ambos com MMF. Conclusões: Pode-se concluir que ambas as drogas provocam alteração na função renal. A morfometria e a estereologia glomerular mostraram interferência negativa dos imunossupressores durante a hipertrofia glomerular compensatória. Tanto tacrolimus quanto MMF parecem aumentar o estresse oxidativo e estimulam elevação de GSH tecidual, no entanto, não foi detectado aumento de peroxidação lipídica ou carbonilação de proteínas, e o MMF parece ser fator protetor contra LPO e PCO. Palavras-chave: Nefrotoxicidade. Imunossupressão. Isquemia. Reperfusão. Estresse oxidativo. Estereologia. Tacrolimus. Micofenolato mofetil.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Immunosuppression therapy has improved patient and graft survival in renal transplantation. A point of concern, however, is the drug toxicity. Aim: This study aimed to evaluate the renal toxicity caused by tacrolimus and mycophenolate mofetil (MMF) in a single kidney ischemia and reperfusion model. Methods: Experimental study using Wistar rats, which underwent right nephrectomy and left renal ischemia for 20 min. Postoperative (PO) groups were separated in: 1) control (non-operated); 2) Sham (operated without drug PO); 3) TAC0.1, TAC1 and TAC10, tacrolimus administered PO at doses 0.1 mg/kg, 1 mg/kg and 10 mg/kg by gavage, respectively; 4) MMF, mycophenolate mofetil administered 20 mg/kg; 5) MMF/TAC1 and MMF/TAC0.5, mycophenolate mofetil 20 mg/kg in combination with tacrolimus 1 mg/kg and 0.5 mg/kg, respectively. Rats were sacrificed on the 14th postoperative day and the kidney removed for tissue oxidative stress analysis. Levels of reduced glutathione (GSH), lipid peroxidation (LPO) and protein carbonyls (PCO) were mesured, and glomerular histological analysis was done by stereology (Glomerular volume density, Glomerular number density and Mean glomerular volume). Renal function was assessed measuring serum creatinine and urea. Results: Renal function changed with both drugs use, and there was a dose-dependent toxicity of tacrolimus. In this short period of time, the subacute toxicity showed no significant glomerular histological changes, and there was compensatory renal and glomerular hypertrophy in all groups except in TAC10. The level of GSH increased dosedependently with the use of tacrolimus, and with isolated mycophenolate mofetil, but not in combination of drugs. LPO and PCO did not changed with the use of tacrolimus and both decreased with MMF. Conclusions: Both drugs cause changes in renal function. The glomerular morphometry and stereology showed a negative interference of immunosuppressants during compensatory glomerular hypertrophy. Both tacrolimus and MMF appear to increase oxidative stress and stimulate elevation of tissue GSH levels. However, increased lipid peroxidation and protein carbonylation were not detected, and MMF seems to be protective against PCO and LPO. Key words: Nephrotoxicity. Immunosuppression. Ischemia. Reperfusion. Oxidative stress. Stereology. Tacrolimus. Mycophenolate mofetil.pt_BR
dc.format.extent81f. : il. algumas color., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectRimpt_BR
dc.subjectImunossupressãopt_BR
dc.subjectIsquemiapt_BR
dc.subjectReperfusãopt_BR
dc.subjectEstresse oxidativopt_BR
dc.subjectTacrolimopt_BR
dc.subjectÁcido Micofenólicopt_BR
dc.subjectCirurgiapt_BR
dc.titleAvaliação da nefrotoxidade pelo tacrolimus e micofenolato mofetil associados à isquemia e reperfusão renal : estudo experimental em ratospt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record