Show simple item record

dc.contributor.advisorTelles Filho, Flavio de Queiroz, 1952-pt_BR
dc.contributor.authorHerkert, Patricia Fernandapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Microbiologia, Parasitologia e Patologia Básicapt_BR
dc.contributor.otherVicente, Vania Aparecidapt_BR
dc.date.accessioned2014-09-02T17:55:42Z
dc.date.available2014-09-02T17:55:42Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/36043
dc.description.abstractResumo: As leveduras do gênero Candida representam uma das principais causas de infecção da corrente sanguínea de origem nosocomial. A candidemia tem como principais fatores de risco: nutrição parenteral, permanência na UTI, neutropenia, diabetes, cirurgia abdominal e uso de cateter venoso central. Os antifúngicos mais utilizados para o tratamento da candidemia são as equinocandinas, mas existem relatos de isolados resistentes a estes medicamentos. Este trabalho se propõe a caracterizar por meio de marcadores moleculares isolados clínicos do gênero Candida obtidos de pacientes com candidemia, assim como, identificar a suscetibilidade destes à antifúngicos. A caracterização molecular foi realizada por sequenciamento das regiões ITS e D1/D2 do rDNA e os testes de suscetibilidade aos antifúngicos "in vitro" foram realizados pelo método de microdiluição de acordo com o estabelecido pelo CLSI/2008. O total de 80 isolados caracterizados geneticamente eram pertecentes às espécies C. albicans (27), C. parapsilosis (22), C. glabrata (8), C. tropicalis (7), C. guilliermondii (5), C. krusei (3), C. pelliculosa (3), C. lusitaniae (2), C. metapsilosis (1) e C. orthopsilosis (1). Quanto à suscetibilidade, observou-se que a espécie C. glabrata apresentou o maior número de linhagens com perfil de resistência frente aos antifúngicos testados, sendo 05 resistentes à micafungina e suscetibilidade intermediária à anidulafungina e 07 com suscetibilidade dose-dependente ao fluconazol. A espécie C. albicans foi a mais suscetível, onde foi verificado apenas 01 linhagem resistente ao fluconazol. Entre o Complexo Parapsilosis, 05 linhagens da espécie C. parapsilosis apresentaram suscetibilidade intermediária à micafungina. As demais linhagens estudadas foram suscetíveis aos antifúngicos testados. De acordo com os resultados concluiu-se que a caracterização molecular e a determinação do perfil de suscetibilidade "in vitro" de isolados clínicos de leveduras do gênero Candida têm um papel importante no direcionamento do tratamento de episódios de candidemia e na identificação da epidemiologia da doença. Palavras-chave: Candida, candidemia, suscetibilidade, antifúngico.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectCandidapt_BR
dc.subjectCandidemiapt_BR
dc.subjectAntifúngicospt_BR
dc.titleSuscetibilidade "in vitro" e caracterização molecular de leveduras do gênero Candida isoladas de pacientes com candidemiapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record