Show simple item record

dc.contributor.authorPereira, Rogers Ademir Drunnpt_BR
dc.contributor.otherFreitas, Silvio Rogerio Correia dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias da Terra. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencias Geodésicaspt_BR
dc.date.accessioned2014-01-10T12:53:43Z
dc.date.available2014-01-10T12:53:43Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/34432
dc.description.abstractResumo: Modelagem do potencial perturbador com base em wavelets aplicada à conexão de redes verticais, pré-requisito à obtenção do grau de Doutor em Ciências Geodésicas, apresenta o problema da homogeneização de valores associados ao campo da gravidade visando-se à obtenção dos números geopotenciais e de outras funcionais associadas levando-se em conta anisotropias desconsideradas pelas técnicas de predição clássicas. Wavelets em termos de filtros são introduzidas como sendo uma possível alternativa para a solução do problema da heterogeneidade das informações gravimétricas no Brasil e da compatibilização dos diferentes referenciais envolvidos no cálculo de informações associadas. Para verificar esta potencialidade, um conjunto de informações gravimétricas disponibilizadas pelo banco de dados geodésicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, informações de campo levantadas por diversas instituições, modelos globais da gravidade e modelos digitais de altitude foram utilizados como fonte de dados. Com eles, foi possível então demonstrar que a análise multirresolução por wavelets é capaz de ligar as informações vinculadas aos curtos comprimentos de onda do geopotencial aos longos comprimentos de onda do geopotencial mantendo-se a referência dos últimos minimizando-se distorções. Tal efeito não foi observado para a solução do problema de valor de contorno da Geodésia livre e foi detectado na solução do problema de valor de contorno da Geodésia fixado. Documentaram-se no trabalho diversas atividades realizadas pelo Laboratório de Referenciais Geodésicos e Altimetria por Satélites da Universidade Federal do Paraná, bem como se disponibiliza uma série de códigos úteis ao cálculo de quantidades ligadas ao Geopotencial. Apresenta-se um número para a conversão de informações entre os data verticais de Imbituba e de La Plata.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleModelagem do pontencial perturbador com base em Wavelets aplicada à conexão de redes verticaispt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record