Show simple item record

dc.contributor.authorManica, Graciele Cristiane Morept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencias Biológicas (Microbiologia, Parasitologia e Patologia Básica)pt_BR
dc.contributor.otherKlassen, Giselipt_BR
dc.contributor.otherSouza, Emanuel Maltempi de, 1964-pt_BR
dc.date.accessioned2013-08-06T18:38:07Z
dc.date.available2013-08-06T18:38:07Z
dc.date.issued2013-08-06
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/29889
dc.description.abstractResumo: O câncer de mama é o tipo de câncer mais frequente no mundo, depois do câncer de pele não melanoma, e a principal causa de morte por câncer entre as mulheres. Os carcinomas do tipo ductal e o lobular são os tipos histológicos de câncer de mama que ocorrem com maior frequência na população. Os carcinomas lobulares invasivos (CLIs) representam em torno de 10-15 % dos casos de câncer de mama, são de difícil identificação e podem ocasionar metástases para alvos pouco comuns como, por exemplo, o sistema gastrointestinal. A perda da expressão de E-caderina reflete a morfologia histológica dos CLIs, entretanto, há uma variação da expressão dessa proteína nos carcinomas lobulares (0-45%). Em um estudo recente foi determinado que o gene ADAM33 apresenta sua expressão diminuída em CLIs devido ao silenciamento por hipermetilação do seu promotor e portanto, a proteína ADAM33 poderia ser um marcador molecular de CLIs. Com o objetivo de avaliar a utilização em imunohistoquímica da proteína ADAM33 como um biomarcador de CLIs, uma parte do gene ADAM33 contendo o domínio rico em cisteínas foi clonado em vetor pGEM T e em seguida subclonado em vetor pET28a. A proteína recombinante foi expressa em sistema procarionte em E. coli BL21 Ai e purificada por cromatografia de afinidade por níquel. A proteina purificada foi utilizada para imunização de camundongos Balb-c e foi produzido soro policlonal com título de 1:25.600. Além disso, o soro policlonal apresentou especificidade para a proteina ADAM33 expressa por linhagens tumorais de mama que expressam o gene ADAM33. O soro policlonal apresentou também especificidade para carcinoma lobular de mama invasivo por ensaio de imunohistoquímica demonstrando, assim, a possibilidade da utilização do anticorpo anti-ADAM33 como biomarcador molecular de carcinoma de mama, mais especificamente do tipo lobular.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectMamas - Cancerpt_BR
dc.subjectImunohistoquimicapt_BR
dc.subjectMarcadores biologicos de tumorpt_BR
dc.titleA utilização da proteína ADAM33 como novo biomarcador para o carcinoma de mama do tipo lobular invasivopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record