Show simple item record

dc.contributor.authorSato, Karoline Aparecida Scrochpt_BR
dc.contributor.otherSilva, Helena de Fatima Nunes, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informaçãopt_BR
dc.date.accessioned2011-01-05T09:55:04Z
dc.date.available2011-01-05T09:55:04Z
dc.date.issued2011-01-05
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24976
dc.description.abstractResumo: Pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva que visa identificar de que forma ocorre o processo de criação e compartilhamento do conhecimento em projetos de prospecção realizados no Observatório de Prospecção Estratégica da Federação das Indústrias do Estado do Paraná – FIEP; fundamentada em um estudo de caso do projeto Perfis Profissionais para o Futuro da Indústria. Elabora um diagnóstico da instituição; observa, descreve e analisa no projeto o processo de criação e compartilhamento de conhecimentos baseados nos elementos das teorias de Nonaka e Takeuchi e os capacitadores do conhecimento de Von Krogh, Ichijo e Nonaka. A pesquisa empírica foi desenvolvida a partir de três fontes de evidencia: a documentação da organização com base na abordagem proposta por Terra (2001) apontando as sete dimensões do conhecimento, na observação, a partir de roteiro, dos painéis de especialistas e nas entrevistas com a equipe gestora e com os painelistas. Verifica, pelo diagnóstico da documentação, que a rganização está alinhada às sete dimensões da Gestão do Conhecimento, propostas por Terra (2001) e, portanto, cria condições propícias ao compartilhamento e à criação de conhecimento. Os resultados da observação e das entrevistas realizadas com os painelistas e com a equipe gestora estão em sintonia e apontam que é possível identificar as cinco fases do processo de criação do conhecimento, onde são identificados tanto fatores facilitadores quanto inibidores ao processo. A criação e justificação dos conceitos ocorrem por meio das conversas e debates para eleição dos perfis. A construção do arquétipo se dá pela escolha dos perfis e criação de planilha síntese dos resultados. E, a difusão ocorre durante as apresentações, as entrevistas e a publicação dos resultados. Com relação aos capacitadores é possível verificar que foi instilada a visão do conhecimento, deixando os objetivos claros, houve gerenciamento das conversas, com orientações e intervenções necessárias, houve mobilização dos ativistas, estimulando o compartilhamento, o espaço foi pensando para propiciar a troca e a globalização do conhecimento se dará pela publicação dos resultados do projeto. Os resultados obtidos indicam que é possível identificar tanto as cinco fases do processo de criação do conhecimento como os capacitadores do conhecimento no projeto Perfis Profissionais para o Futuro da Indústria.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.titleCriação e compartilhamento de conhecimentopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record