Show simple item record

dc.contributor.advisorAlmeida, Armando Antunes de, 1925-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Entomologia)pt_BR
dc.creatorBoff, Mari Ines Carissimipt_BR
dc.date.accessioned2024-06-11T13:28:56Z
dc.date.available2024-06-11T13:28:56Z
dc.date.issued1992pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/88467
dc.descriptionOrientador: Armando Antunes de Almeidapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Parana, Setor de Ciencias Biologicaspt_BR
dc.description.abstractResumo: A traça dos cereais, Sitotroga cerealella (Qlivier, 1819) (Lep., Gelechiidae) é uma espécie cosmopolita que ocorre, principalmente, em cereais armazenados nas zonas tropicais e subtropicais. Seu controle, normalmente, é feito com inseticidas sintéticos. Neste trabalho, avaliou-se o efeito de extratos de pimenta-do-reino (Piper nigrum L.) sobre ovos, larvas neonatas e adultos de S. cerealella. A determinação da ação tóxica dos extratos soxhlet metanólico, soxhlet acetônico, macerado metanólico e macerado acetônico de P. nigrum, sobre ovos de diferentes idades de S. cerealella, foi feita através da imersão dos mesmos, durante 10 segundos, em soluções contendo diferentes concentrações dos extratos citados. O aumento das concentrações aumentou a mortalidade de ovos em todas as idades. A continuidade do desenvolvimento embrionário foi observada, independente da idade e das concentrações utilizadas. Em todos os tratamentos, a eclosão de larvas ocorreu durante o período normal observado para a espécie, do 5º ao 10º dia. A mortalidade, durante a embriogênese, foi maior do que a mortalidade de larvas, após a eclosão. A CL50 do extrato soxhlet metanólico foi de 3,18; 1,00; 1,23; 1,40; 3,39 e 2,36 mg/ml, para ovos de 24, 48, 72, 96, 120 e 144 horas de idade, respectivamente. Para o extrato soxhlet acetônico a CL50 foi de 6,11; 1,30; 1,28; 1,15; 1,77 e 1,45 mg/ml, para ovos de 24, 48, 72, 96, 120 e 144 horas de idade, respectivamente. No o extrato macerado metanólico a CL50 foi de 2,90; 2,08; 1,91; 1,08; 2,33 e 1,65 mg/ml, para ovos com 24, 48, 72, 96. 120 e 144 horas de idade, respectivamente. E para o extrato macerado acetônico a CL50 foi de 2,58; 0,90; 1,33; 1,76; 1,53 e 4,44 mg/ml para ovos com 24, 48, 72, 96, 120 e 144 horas de idade, respectivamente. Ensaios biológicos para a determinação do efeito residual das diferentes concentrações dos extratos soxhlet metanólico e acetônico, macerado metanólico e acetônico de P. nigrum, sobre larvas neonatas de S. cerealella, foram realizados a 0(zero), 15, 30, 60 e 90 dias após a aplicação dos extratos, sobre os grãos de milho. Todos os extratos em concentrações iguais ou maiores que 9,00 mg/ml causaram mortalidade superior a 56,3%, em todos os períodos de tratamento. Concentrações superiores a 20,0 mg/ml provocaram mortalidade superior a 90%, apresentando persistência do efeito tóxico até 90 dias, exceto para o extrato macerado acetônico onde o efeito persistiu até 60 dias. A proteção dos grãos de milho com os extratos de P. nigrum, soxhlet metanólico, soxhlet acetônico, macerado metanólico e macerado acetônico foi estimada avaliando-se o efeito sobre a progénie de S. cerealella. Verificou-se que a proteção diminuiu com a diminuição das concentrações, em todos os extratos. Na proteção de espigas de milho com palha, contra o ataque de S. cerealella, foram testados os extratos macerado metanólico e macerado acetônico nas concentrações de 2,6; 10,2; 25,5 mg/ml e 2,3; 9,0; 22,5 mg/ml, respectivamente. Observou-se que a redução na emergência da progénie foi proporcional á concentração. Em ambos os extratos, a testemunha com solvente, provocou redução de 50% nas emergências, em relação a testemunha sem solvente. As concentrações testadas dos extratos não provocaram diferença significativa na proporção de sexos.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The angoumois grain moth, Sitotroga cerealella (Olivier, 1819) (Lep., Gelechiidae), is a cosmopolite species, incident on stored cereal in tropical zones. Chemical methods have been used to control this insect. The purpose of this work was to evaluate the effect of Piper nigrum (L.) extracts on eggs, first instar larvae and adults of S. cerealella. The toxicity of P. nigrum extracts, on eggs of different ages was determined by the immersion during 10 (ten) seconds in a solution containing diferent on concentrations of P. nigrum extracts. This insect mortality was proportional to the concentration, with increase of concentrations, increase the mortality. The development of embryogenese was observed, despite the concentrations and time of treatment. The eggs incubation period, which hatching larvae survive the treatment, was not significantly different from the eggs in the control-treated. The hatching larvae that died after the treatment, inside the eggs, were the majority, but a small number of larvae died immediately after hatching. The LC50 of soxhlet methanolic extract was 3,18; 1,00; 1,23; 1,40; 3,39 and 2,36 mg/ml, for eggs of 24, 48, 72, 96, 120 and 144 hours old, respectively. In soxhlet acetonic extract the LC50 was 6,11; 1,30; 1,28; 1,15; 1,77 and 1,45 mg/ml, for eggs of 24, 48, 72, 96, 120 and 144 hours old, respectively. In crude methanolic extract the LC50 was 2,90; 2,08; 1,91; 1,08; 2,33 and 1,65 mg/ml, for eggs of 24, 48, 72, 96, 120 and 144 hours old, respectively. And to crude acetonic extract the LC50 was 2,58; 0,90; 1,33; 1,76; 1,53 and 4,44 mg/ml for eggs of 24, 48, 72, 96, 120 and 144 hours old, respectively. Biological essays to determine the residual effect of different concentrations of P. nigrum extracts, to first instar larvae of S. cerealella, took place at 0, 15, 30, 60 and 90 days after the treatment of the grains. Concentrations equal to or higher then 9,0 mg/ml induced mortality on more 56,3% in all the period of treatment. Concentrations higher then 20,0 mg/ml induced mortality above 90%. The toxic effect of the soxhlet methanolic, soxhlet acetonic and crude methanolic extracts were higher than the crude acetonic extract after 90 days. The protection of corn grain with the four extracts of P. nigrum against infestation of S. cerealella, was evaluated by comparing the number of F1 progenie emerging from extracts treated grains with the number emerging from the control treated grains. The protection decreased as the concentration decreased. The crude acetonic extract provided the lowest protection. For protection of husked corn-cob, against infestation of S cerealella, was used the crude methanolic and acetonic extracts, at concentration of 2,6; 10,2 and 25,5 mg/ml and 2,3; 9,0 and 22,5 mg/ml, respectively. The reduction of F1 progenie was proportional with the concentration. On both extracts the solvent-treated corn-cob provided reduction of 50*/. on the number of F1 progenie whem compared with non-treated corn-cob. The extracts concentration that were sprayed on husked corn-cob not provided significative difference in the sex proportion of adults of S. cerealella.pt_BR
dc.format.extentvi, 115f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectPimenta-do-reinopt_BR
dc.subjectSitotroga cerealellapt_BR
dc.subjectProdutos agricolas - Armazenamento - Doenças e pragaspt_BR
dc.subjectEntomologiapt_BR
dc.titleEfeito de extratos de pimenta do reino (Piper nigrum) sobre ovos, larvas e adultos de Sitotroga cerealella (Olivier, 1819)(Lepidoptera, gelechiidae)pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record