Show simple item record

dc.contributor.advisorDenardin, Valdir Frigopt_BR
dc.contributor.otherCruz, Fabiana Thomé dapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimentopt_BR
dc.creatorViana, Camila Eduardapt_BR
dc.date.accessioned2023-05-23T20:52:34Z
dc.date.available2023-05-23T20:52:34Z
dc.date.issued2023pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/82808
dc.descriptionOrientador: Profª. Drª. Valdir Frigo Denardinpt_BR
dc.descriptionCoorientadora: Prof. Dr. Fabiana Thomé da Cruzpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Defesa : Curitiba, 09/12/2022pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 179-206pt_BR
dc.description.abstractResumo: Na década de 1990, em um cenário de crises devido aos danos ambientais e sociais, causados pelo modelo de desenvolvimento global, foram desencadeadas discussões em meio à mudança do paradigma de desenvolvimento, buscando-se novos modelos que contribuíssem para o fortalecimento e valorização dos territórios, emergindo, assim, a abordagem territorial do desenvolvimento. Estudos apontam que nas últimas décadas emergiram diversas pesquisas que visam promover a especificação e a valorização de produtos e serviços de territórios rurais, por meio de distintos mecanismos e estratégias, tais como Redes Alimentares Alternativas (RAA) a partir da construção social de mercados. Entre esses formatos de mercados destaca-se os "nested markets" ou mercados imersos, que são caracterizados por encontrarem-se regidos através de um conjunto de normas e regras não oficiais, e valores definidos pelos atores, produtores e consumidores. Apresentam espaços concretos e emergem nos interstícios dos mercados agroalimentares convencionais. A problemática dessa pesquisa é fundada nas dificuldades de acesso a mercados, especialmente formais/convencionais, pelos (as) agricultores (as) familiares, em especial pelos Povos Tradicionais como é o caso dos(as) quilombolas. Assim o objetivo desta pesquisa se assenta em caracterizar os mercados imersos acessados pelas quilombolas da Comunidade Ribeirão Grande/Terra Seca-SP (RGTS), e analisar em que medida o acesso a esses mercados contribuem para a promoção do desenvolvimento territorial. Para cumprir os objetivos desta tese, lançamos mão de um instrumento de pesquisa que conjugou métodos qualitativos e quantitativos de pesquisa para analisar o caso dos mercados imersos acessados pelos grupos de comercialização de alimentos Perobas, Raiz e Rochas do quilombo RGTS. Para tanto foi aplicada entrevista semiestruturada e instrumento de diagnóstico de mercados imersos, ao qual foi inserido nova dimensão elaborada nesta pesquisa, a fim de identificar características histórico-culturais e naturais do mercado imerso estudado. Os resultados desta tese evidenciaram que a dificuldade de acesso a mercados de proximidade, mercados institucionais e mercados convencionais, estimulou o protagonismo das mulheres quilombolas a buscar articulações para acessar novos mercados, que foram caracterizados como mercados imersos. Os mercados imersos dos grupos de comercialização de alimentos promovem a valorização e reprodução da cultura e da história do Quilombo visto que os alimentos produzidos e comercializados estão enraizados na cultura local. Também promovem o aumento da renda das famílias e assim maior autonomia e reinvestimento no território quilombola. A participação nesses mercados também possibilita o protagonismo feminimo e gera maior sustentabilidade ambiental ao território, bem como o fortalecimento da agricultura familiar. Sendo assim, pode-se afirmar que os mercados imersos acessados pelos grupos de comercialização de alimentos do Quilombo RGTS contribuem para a promoção do desenvolvimento territorial.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: In the 1990s, in a scenario of crises due to environmental and social damage caused by the global development model, discussions were triggered in the midst of a change in the development paradigm, seeking new models that would contribute to the strengthening and enhancement of territories, thus emerging the territorial approach to development. Studies indicate that in recent decades, several studies have emerged that aim to promote the specification and enhancement of products and services from rural territories, through different mechanisms and strategies, such as Alternative Food Networks (AAR) based on the social construction of markets. Among these market formats, the "nested markets" or immersed markets stand out, which are characterized by being governed by a set of unofficial norms and rules, and values defined by actors, producers and consumers. They present concrete spaces and emerge in the interstices of conventional agro-food markets. The problem of this research is based on the difficulties of access to markets, especially formal/conventional ones, by family farmers, especially by Traditional Peoples as is the case of quilombolas. Thus, the objective of this research is based on characterizing the embedded markets accessed by the Quilombolas of the Comunidade Ribeirão Grande/Terra Seca-SP (RGTS), and analyzing to what extent the access to these markets contributes to the promotion of territorial development. In order to fulfill the objectives of this thesis, we used a research instrument that combined qualitative and quantitative research methods to analyze the case of the embedded markets accessed by the food marketing groups Perobas, Raiz and Rochas from the Quilombo RGTS. For that purpose, a semi-structured interview and an instrument for diagnosing immersed markets were applied, to which a new dimension elaborated in this research was inserted, in order to identify historical-cultural and natural characteristics of the immersed market studied. The results of this thesis showed that the difficulty of accessing proximity markets, institutional markets and conventional markets, stimulated the protagonism of quilombola women to seek articulations to access new markets, which were characterized as immersed markets. The submerged markets of the food marketing groups promote the appreciation and reproduction of the culture and history of the Quilombo, since the food produced and sold is rooted in the local culture. They also promote an increase in family income and thus greater autonomy and reinvestment in the quilombola territory. Participation in these markets also enables female protagonism and generates greater environmental sustainability for the territory, as well as the strengthening of family farming. Therefore, it can be said that the embedded markets accessed by the Quilombo RGTS food marketing groups contribute to the promotion of territorial development.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectQuilombolaspt_BR
dc.subjectDesenvolvimento territorialpt_BR
dc.subjectCiências Ambientaispt_BR
dc.titleA construção de mercados imersos como estratégia de desenvolvimento territorial : o caso do Quilombo Ribeirão Grande/Terra Seca - SPpt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record