Show simple item record

dc.contributor.advisorLadeira, João Martins, 1977-pt_BR
dc.contributor.authorLocatelli, Mayara Celestept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Artes, Comunicação e Design. Programa de Pós-Graduação em Comunicaçãopt_BR
dc.date.accessioned2022-08-19T15:07:48Z
dc.date.available2022-08-19T15:07:48Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/77967
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. João Damasceno Martins Ladeirapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Defesa : Curitiba, 17/05/2022pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: A dissertação investiga gênero, trabalho e etarismo na TV. Além da pesquisa bibliográfica e da análise imagética, trago o ponto de vista das mulheres, que atuam ou atuaram em frente às câmeras em programas telejornalísticos de Curitiba. Elas comentaram sobre os temas envelhecimento, carreira e estética. Tratar do idadismo é fundamental em uma sociedade que está vivendo mais e tendo menos filhos. A população, principalmente de mulheres mais velhas, está aumentando a cada dia, o que nos leva a pensar em como estas profissionais estão sendo tratadas em um mercado de trabalho que valoriza o novo. De acordo com o estado da arte realizado para o estudo, considerando os eventos e programas acadêmicos pesquisados, notou-se que poucas pesquisas são focadas no envelhecimento das mulheres no telejornalismo brasileiro. Mais uma informação importante, que aumenta a relevância social do projeto. Duas repórteres e duas apresentadoras, dentro e fora do mercado de trabalho telejornalístico, foram selecionadas para as entrevistas. Também foi realizada uma análise dos materiais produzidos por estas jornalistas disponíveis na internet, no período entre setembro de 2017 e agosto de 2018. Ao todo, foram cerca de três horas de vídeos observados pelo viés do sociólogo Erving Goffman, que aborda as questões dos personagens em um quadro. Esta foi uma etapa fundamental para a análise não-verbal das selecionadas. Também foi traçada uma minibio com informações públicas sobre a carreira de cada uma delas antes das conversas. As entrevistas foram aplicadas pela internet, devido à quarentena por COVID-19, que aconteceu no período da pesquisa. As perguntas foram formuladas com base nas teorias feministas, a divisão sexual do trabalho, o mito da beleza, questões de envelhecimento e os quadros de experiência social (KERGOAT, HIRATA, WOLF, KARPF, GOFFMAN). Uma análise da televisão brasileira, biografias e das relações sociais (KILPP, HABIB, DUARTE, GOMES) também se fez necessária. Elas comentaram sobre a própria experiência profissional. Uma representante do sindicato dos jornalistas também falou sobre. Por meio do discurso do sujeito coletivo (LEFRÈVE), foi possível reunir as respostas semelhantes e também comparar as falas divergentes de acordo com o perfil das entrevistadas. Após a análise dos materiais, a hipótese confirmada é a existência da cobrança da juventude entre mulheres de carreira. Mas é importante frisar que o idadismo é apenas um dos fatores para o baixo número de apresentadoras repórteres de carreira. Todas as entrevistadas se consideram no auge da profissão, o que mostra uma incongruência entre a qualificação que elas oferecem e o que o mercado de tv busca.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The dissertation investigates gender, work and ethnography in TV. In addition to bibliographic research and image analysis, I bring the point of view of women, who work or have worked in front of the cameras in TV news programs in Curitiba. They commented on the themes of aging, career, and aesthetics. Dealing with ageism is fundamental in a society that is living longer and having fewer children. The population, especially of older women, is increasing every day, which leads us to think about how these professionals are being treated in a job market that values the new. According to the state of the art carried out for the study, considering the academic events and programs researched, it was noted that little research is focused on the aging of women in Brazilian telejournalism. This is another important piece of information that increases the social relevance of the project. Two female reporters and two female presenters, inside and outside the telejournalistic work market, were selected for the interviews. An analysis of the materials produced by these journalists available on the internet, in the period between September 2017 and August 2018, was also conducted. In all, there were about three hours of videos observed through the bias of sociologist Erving Goffman, who addresses the issues of the characters in a framework. This was a key step in the nonverbal analysis of those selected. A minibio with public information about the career of each of them was also outlined prior to the conversations. The interviews were applied over the internet, due to the quarantine by COVID-19 that took place during the research period. The questions were formulated based on feminist theories, the sexual division of labor, the myth of beauty, issues of aging, and frames of social experience (KERGOAT, HIRATA, WOLF, KARPF, GOFFMAN). An analysis of Brazilian television, biographies and social relations (KILPP, HABIB, DUARTE, GOMES) was also necessary. They commented on their own professional experience. A representative of the journalists' union also talked about. Through the discourse of the collective subject (LEFRÈVE), it was possible to gather the similar answers and also to compare the divergent ones according to the profile of the interviewees. After the analysis of the materials, the confirmed hypothesis is the existence of the youth charge among career women. But it is important to stress that ageism is only one of the factors for the low number of female career reporters. All the interviewees consider themselves to be in the prime of their profession, which shows an incongruence between the qualifications they offer and what the TV market seeks.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTelejornalismopt_BR
dc.subjectGêneropt_BR
dc.subjectFeminismopt_BR
dc.subjectEnvelhecimentopt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.titleTelejornalismo e envelhecimento : a visão de repórteres e apresentadoras sobre suas carreiras na televisão curitibanapt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record