Show simple item record

dc.contributor.advisorFonseca, Marcos Wagner da, 1969-pt_BR
dc.contributor.authorSibim, Marcela Caroline, 1992-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Contabilidadept_BR
dc.date.accessioned2022-07-06T14:37:00Z
dc.date.available2022-07-06T14:37:00Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/76766
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Marcos Wagner da Fonsecapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Contabilidade. Defesa : Curitiba, 25/02/2022pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: O objetivo dessa tese é analisar a relação entre as restrições financeiras e o gerenciamento de resultados, diante de diferentes cenários econômicos. A tese defende, portanto, que as empresas restritas financeiramente gerenciam seus resultados, sendo essa relação intensificada em cenários econômicos adversos. Para analisar o objetivo proposto nesta tese, foram selecionadas as empresas listadas na [B]3 no período de 2010 a 2020, resultando em uma amostra de 194 empresas. Em seguida, para segregar as empresas da amostra em restritas e não restritas financeiramente, as empresas foram classificadas em setores econômicos e posteriormente foram classificadas em ordem crescente de tamanho e idade. Em função da classificação das restrições financeiras, a amostra final resultou em 1.495 observações. Os dados para operacionalização das variáveis foram coletados por meio da plataforma Eikon disponibilizada pela Thomson Reuters. Por outro lado, o cenário econômico é representado pelas variáveis crises econômicas, taxa cambial e taxa de juros. Essas variáveis foram obtidas por meio do relatório do CODACE, e nos sites do IPEA e do Banco Central do Brasil, respectivamente. As variáveis do cenário econômico são expressas na forma de dummies. Para estimar os accruals discricionários adotou-se o modelo de Kothari, Leone e Wasley (2005). Em seguida, para analisar a relação proposta neste estudo, utilizou-se como estratégia a análise de dados em painel de Efeitos Fixos. Os resultados indicaram uma relação significativa a 1% entre as restrições financeiras e os accruals discricionários. No entanto, o sinal não atendeu a relação esperada de que as empresas restritas financeiramente gerenciam mais seus resultados. Apesar do resultado inverso, o mesmo pode ser explicado pela relação não linear existente entre as duas variáveis (Thanh et al., 2020). Em seguida, os cenários econômicos atuaram como variáveis moderadoras na relação entre as restrições financeiras e o gerenciamento de resultados. Observa-se a significância estatística a 1% na relação apresentada, quando moderadas pela crise econômica e pela taxa de juros, e uma significância de 10% quando moderada pela taxa de câmbio. No que diz respeitos as moderações, as crises econômicas apresentam-se positivas e significativa, indicando que em períodos de crise, as empresas restritas intensificam as práticas de gerenciamento de resultados, em comparação aos demais períodos. Por outro lado, apesar da moderação da taxa cambial ser significante, ela modera negativamente a relação entre as empresas com restrições e gerenciamento de resultado. Neste caso, as empresas com racionamento ao crédito gerenciam menos seus resultados em períodos de elevada taxa cambial. Por fim, a moderação da taxa de juros não apresentou significância estatística.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The objective of this thesis is to analyze the relationship between financial constraints and earnings management, in the face of different economic scenarios. The thesis therefore argues that financially constrained companies manage their results, and this relationship is intensified in adverse economic scenarios. To analyze the objective proposed in this thesis, we selected the companies listed in [B]3 in the period from 2010 to 2020, resulting in a sample of 194 companies. Then, to segregate the sample companies into financially constrained and unconstrained, the companies were classified into economic sectors and later they were classified in increasing order of size and age. Due to the classification of financial constraints, the final sample resulted in 1,495 observations. Data for operationalization of variables were collected through the Eikon platform made available by Thomson Reuters. On the other hand, the economic scenario is represented by the variables economic crises, exchange rate and interest rate. These variables were obtained from the CODACE report, and from the IPEA and Banco Central do Brasil websites, respectively. The variables of the economic scenario are expressed in the form of dummies. To estimate discretionary accruals, the model of Kothari, Leone and Wasley (2005) was adopted. Then, to analyze the relationship proposed in this study, the analysis of data in a Fixed Effects panel was used as a strategy. The results indicated a significant relationship at 1% between financial constraints and discretionary accruals. However, the signal did not meet the expected relationship that financially constrained companies manage their results more. Despite the inverse result, the same can be explained by the non-linear relationship between the two variables (Thanh et al., 2020). Then, the economic scenarios acted as moderating variables in the relationship between financial constraints and earnings management. A statistical significance of 1% is observed in the presented relationship, when moderated by the economic crisis and the interest rate, and a significance of 10% when moderated by the exchange rate. With regard to moderation, economic crises are positive and significant, indicating that in periods of crisis, constrained companies intensify earnings management practices, compared to other periods. On the other hand, although exchange rate moderation is significant, it negatively moderates the relationship between constrained firms and earnings management. In this case, companies with credit rationing manage their results less in periods of high exchange rate. Finally, interest rate moderation was not statistically significant.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectControle financeiropt_BR
dc.subjectCiências Contábeispt_BR
dc.subjectContabilidade gerencialpt_BR
dc.titleRestrições financeiras e gerenciamento de resultado : um estudo considerando elementos da economia brasileira recentept_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record