Show simple item record

dc.contributor.advisorAngulo, Rodolfo José, 1950-pt_BR
dc.contributor.authorRamos, Egon Abraão de Paula, 1987-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geologiapt_BR
dc.date.accessioned2021-05-18T19:37:32Z
dc.date.available2021-05-18T19:37:32Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/66363
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Rodolfo José Angulopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geologia. Defesa : Curitiba, 20/09/2018pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 52-55pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Geologia Ambientalpt_BR
dc.description.abstractResumo: As praias de enseada constituem um tipo específico de ambiente praial delimitado por dois promontórios rochosos nas suas extremidades, e tendem a um equilíbrio dinâmico ou estático em relação ao transporte de sedimentos. Os promontórios rochosos provocam redirecionamento na direção das ondas, que geram correntes responsáveis pela mobilização de areia no arco-praial. A praia de Guaratuba, com densa ocupação urbana na sua orla, é uma praia de enseada localizada no estado do Paraná, com 2.440 m de extensão, limitada pelo o Morro do Cristo, ao sul, e o Morro de Caieiras, ao norte. A praia possui dinâmica complexa, com migração sazonal e interanual dos bancos de areia. Muros, calçadões e avenidas, quando instalados sobre a faixa da dinâmica natural da praia, estão sujeitos à destruição periódica pela ação das ondas. Esta pesquisa teve como objetivo identificar e quantificar as variações do volume praial e da posição da linha de costa da praia de Guaratuba. Foi realizada análise decadal da variação de linha de costa, a partir da interpretação das imagens aéreas de datas distintas disponíveis em arquivos e também no software GoogleEarth. Para o monitoramento sazonal da linha de costa e do volume praial, foram utilizados dados de 14 perfis planialtimétricos praiais, realizados sazonalmente em 8 campanhas, de 2012 a 2018. A interpolação dos dados mostrou que a dinâmica no arco da praia de Guaratuba contempla processos, como o headland bypass, que envolvem o redirecionamento das ondas devido a presença do Morro do Cristo na porção sul do arco-praial, e o transpasse de sedimentos carregados por deriva litorânea que contornam o promontório. Durante o período observado se quantificou uma diminuição nos volumes de sedimentos da porção emersa do arco-praial. A difração das ondas e o transpasse de sedimentos são interpretados neste trabalho como sendo responsáveis pela maior variação nos volumes de sedimentos e maior mobilidade dos bancos de areia na porção sul do arco-praial. Em situações de ressaca, e marés meteorológicas intensificadas por marés de sizígia o espraiamento das ondas fica limitado pelo muro, este fato ocasiona perdas periódicas de infraestrutura urbana. A estabilização da linha de costa por meio de infraestrutura urbana provoca a limitação dos processo naturais do ambiente praial. A interpretação das imagens aéreas de datas distintas possibilitou a determinação da posição da linha de costa antes das obras de infraestrutura, tornando possível a observação do avanço da faixa antrópica sobre o prisma praial. Nos lugares onde se observa reconstrução períodica dos muros, se verificou um novo avanço da infraestrutura urbana sobre a praia, cerca de 3 a 4 metros em direção ao mar. Este avanço sobre o limite de dinâmica natural da praia acaba por provocar a redução de sedimentos disponíveis no arco-praial, acentuando os processos de destruição da infraestrutura urbana. Palavras-chave: Dinâmica natural, Praia de Guaratuba, Praia de enseada, antropização, balanço sedimentar.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The embayed beaches constitute a specific type of beach environment anchored by two rocky promontories at their ends, and tend to a dynamic or static balance in relation of your to sediment transport. The rocky promontories cause redirection of waves, which generate currents responsible for the mobilization of sand in the beach arch. Guaratuba Beach, with dense urban occupation on its border, is a embayed beach located in the state of Paraná, with a length of 2,440 m, bounded by the Morro do Cristo in the south, and the Morro de Caieiras in the north. The beach has complex dynamics, with seasonal and interannual migration of the sandbanks. Walls, sidewalks and avenues, when installed on the range of the natural dynamics of the beach, are subject to periodic destruction by the action of the waves. The objective of this research was to identify and quantify variations in the praial volume and orientation of the Guaratuba Beach coastline. Decadal analysis of the coastline variation was performed, based on the interpretation of the aerial images of different dates available in archives and also in the GoogleEarth software. For the seasonal monitoring of the coastline and the beach volume, data from 14 beach planialtimetric profiles were used, seasonally performed in 8 seasons, from 2012 to 2018. Data interpolation showed that the dynamics in the arch of Guaratuba Beach include processes that involve the redirection of the waves do to the presence of Morro do Cristo in the southern portion of the beach bow, and the transgression of sediments carried by coastal drift that surround the promontory. During the observed period, a decrease in the volumes of sediments of the emerged portion of the cove beach was quantified. The diffraction of the waves and the transgression of sediments are interpreted in this work as being responsible for the greater variation in sediment volumes and greater mobility of the sandbanks in the southern portion of the beach arch. In situations of undertow, and tides intensified by tidal waves, the wavelengths are limited by the wall, which causes periodic losses of urban infrastructure. The stabilization of the line constructed by the urban infrastructure causes the limitation of the natural processes of the praial environment. The interpretation of the aerial images of distinct dates made possible the determination of the position of the coastline before the infrastructure works, making possible the observation of the advancement of the anthropic band on the prism. In places where there is periodic reconstruction of the walls, a new advance of the urban infrastructure on the beach was verified, about 3 to 4 meters towards the sea. This advance on the limit of natural dynamics of the beach ends up causing the reduction of sediments available in the beach bow, accentuating the processes of destruction of the urban infrastructure. Keywords: coastline, embayed beach, beach volume, Guaratuba, anthropization.pt_BR
dc.format.extent64 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectMorfodinâmica praialpt_BR
dc.subjectVariação volumétrica sedimentarpt_BR
dc.subjectGeologiapt_BR
dc.titleVariações do volume e da linha de costa em uma praia de enseada, Guaratuba, Paranápt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record