Show simple item record

dc.contributor.advisorGonçalves, Luciana Schleder, 1976-pt_BR
dc.contributor.authorAmaro, Maria Luiza de Medeiros, 1987-pt_BR
dc.contributor.otherZeviani, Walmes Marques, 1986-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2022-08-10T17:48:24Z
dc.date.available2022-08-10T17:48:24Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/66340
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Luciana Schleder Gonçalvespt_BR
dc.descriptionCoorientador: Prof. Dr. Walmes Marques Zevianipt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Defesa : Curitiba, 12/12/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 66-74pt_BR
dc.description.abstractResumo: Trata-se de pesquisa integrante do projeto de pesquisa Inteligência Artificial e o Gerenciamento de pacientes com sepse: sua influência na tomada de decisão, intervenção e resultados de enfermagem, da linha de pesquisa Gerenciamento de Serviços de Saúde e Enfermagem. Teve como objetivo comparar os registros relacionados ao preenchimento do protocolo institucional de sepse de pacientes sem e com o apoio de um sistema informatizado de alertas. Pesquisa quantitativa, exploratória e comparativa com dados provenientes do prontuário eletrônico de um hospital público localizado na região sul do Brasil. Foram incluídos os registros da equipe multidisciplinar de cinco setores do hospital, para os quais foram abertos os protocolos no período de janeiro a maio de 2018 sem o sistema de alertas e no período de julho a novembro com a implantação do sistema de alertas. A amostra foi composta por 232 protocolos, sendo que destes, 23 foram abertos duas vezes, totalizando uma amostra final de 209 pacientes, 107 protocolos referentes ao período pré-implantação do sistema de alerta e 102 protocolos referentes ao período de pósimplantação do sistema de alertas. Foi elaborado um diagrama de classes e um dicionário de dados para otimizar a compreensão das variáveis utilizadas no procedimento de abertura do protocolo de sepse da instituição que posteriormente foram tabuladas em planilhas eletrônicas. Para as análises comparativas foi utilizado o Software R. À análise exploratória, o perfil demográfico é semelhante entre os grupos, com prevalência de pacientes do sexo masculino e idade média de 55 anos. Na análise inferencial, houve diferença significativa no período pré-implantação do sistema de alerta quanto a distribuição dos registros dos parâmetros qSOFA utilizados na abertura do protocolo de sepse, com a prevalência do nível de consciência e pressão arterial sistólica respectivamente (p=0,0001 e p=0,0004). No período pósimplantação do sistema de alerta foram identificados resultados significativos quanto à diminuição do número de óbitos (p=0,0134), aumento no tempo de internamento (p=0,0001) e aumento da média de verificação de sinais vitais por paciente (p<0,001). A implantação de um sistema de alertas para identificação precoce de pacientes em deterioração clínica depende de fatores que não se limitam apenas à tecnologia. Engajar os profissionais quanto ao seu comprometimento nos registros eletrônicos e em reconhecer o potencial do uso de sistemas informatizados para a qualidade do cuidado hospitalar são aspectos que podem contribuir para o sucesso do uso dessas ferramentas de tecnologia na área da saúde. Palavras-chave: Registros médicos. Deterioração clínica. Sepse. Sistemas de apoio a decisões clínicas. Enfermagem.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research is part of the research project Artificial Intelligence and the Management of Patients with Sepsis: influence on nursing decision making, intervention, and outcomes, from the Health Services and Nursing Management research line. The aim was to compare the records related to the filling of the institutional sepsis protocol of patients with and without the support of a computerized alert system. Quantitative, exploratory and comparative research with data from the electronic medical records of a public hospital located in southern Brazil. The records of the multidisciplinary team from five ward of the hospital were included, which protocols were opened from January to May 2018 without the alert system and from July to November with the implementation of the alert system. The sample consisted of 232 protocols, which 23 were opened twice, reaching a final sample of 209 patients, 107 protocols referring to the pre-implantation of the alert system and 102 protocols referring to the postimplantation system. alerts. A class diagram and data dictionary were drawn up to optimize the understanding of the variables used in the institution's sepsis protocol opening procedure and later tabulated in spreadsheets. For comparative analysis, the R software was used. Exploratory analysis showed that the demographic profile is similar between the groups, male patients were prevalent in the average age of 55 years. Inferential analysis showed a significant difference in the pre-implantation of the alert system regarding the distribution of the records of the qSOFA parameters used at the opening of the sepsis protocol, with prevalence of consciousness level and systolic blood pressure respectively (p = 0.0001 and p = 0.0004). In the postimplantation of the alert system, significant results were identified regarding the decrease in the number of deaths (p = 0.0134), the increase in the length of stay (p = 0.0001) and the increase in the mean of vital signs verification per patient (p = 0.000000000000115). The implementation of an alert system for early identification of patients with clinical deterioration depends on factors that are not limited to technology alone. Engaging professionals in their commitment to electronic records and in recognizing the potential of using computerized systems for the quality of hospital care can contribute to the successful use of these technology tools in healthcare. Keywords: Medical Records. Clinical Deterioration. Sepsis. Decision Support Systems. Nursing.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectRegistros médicospt_BR
dc.subjectSepsept_BR
dc.subjectSistemas de apoio a decisões clínicaspt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.titleRegistros de deterioração clínica antes e depois da implantação de um sistema informatizado de alertapt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record