Show simple item record

dc.contributor.advisorLesama, Manoel Flores, 1965-pt_BR
dc.contributor.authorKaminski, Tatiana Cristina Guimarães, 1981-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimentopt_BR
dc.date.accessioned2019-05-07T15:12:06Z
dc.date.available2019-05-07T15:12:06Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/60150
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Manoel Flores Lesamapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Defesa : Curitiba, 27/09/2018pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.123-132pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta pesquisa se propôs à análise do trabalho em sistemas agroflorestais ecológicos, especialmente centrada na identificação de estratégias de apropriação técnica colocadas em curso por pessoas e instituições atuantes nos espaços locais. A definição pelo Assentamento Contestado, município da Lapa-PR, foi resultado dos esforços em realizar pesquisa interdisciplinar, conforme proposto pelo MADE e executado pelas três doutorandas da linha Ruralidades, Ambiente e Sociedade. Desta maneira, a trajetória teórico-metodológica foi dividida em duas etapas, coletiva e individual. A etapa coletiva ocorreu entre 2014 e 2017 e agregou, nos dois primeiros anos, estudantes de mestrado junto às de doutorado. Durante a condução da pesquisa nesta etapa, foram utilizadas noções sobre as estratégias de organização da agricultura familiar face à elaboração de outros projetos de desenvolvimento frente ao hegemônico, ditos alternativos. A busca por experiências alinhadas a este perfil teórico considerou casos em curso na Região Metropolitana de Curitiba e no Litoral do Paraná, com posterior seleção da iniciativa desenvolvida pelo Assentamento Contestado. A etapa individual foi conduzida tendo como eixo as definições sobre sistemas agroflorestais; assistência técnica e extensão rural; e estudos sobre o trabalho. A investigação esteve voltada às configurações do trabalho das famílias agricultoras e dos agentes multiplicadores, relativamente à produção agroflorestal. Dessa maneira, foram fornecidos subsídios para compreender que a apropriação de aparatos técnicos é um processo educativo relacionado ao trabalho de assistência técnica e extensão rural e à experiência de cada indivíduo, como decorrentes de suas relações com o ambiente em esfera individual, familiar e coletiva. Considera-se que a atuação desenvolvida pelos agentes multiplicadores não está configurada em termos de um ofício bem definido, ou seja, ele não aparece como em vias de formação de um gênero de atividade, mesmo que aparentemente se proponha a tal. Tal fato deixam abertas as múltiplas possibilidades de conduzir e gerir as unidades de produção, distanciando o Assentamento de um projeto produtivo ecológico coeso. Finalmente, as diferenças entre os modelos de agroflorestas adotados nas recomendações técnicas e os modelos desenvolvidos nos espaços locais levam a saber que a tendência à simplificação dos sistemas de produção - visando maior domínio do corpo e do meio em termos de manejo e de escala - são privilegiados como decorrentes das: (i) estratégias de gestão e organização da produção propostas pela cooperativa; (ii) consequências da alta dependência do mercado institucional e (iii) fruto das elaborações dos agricultores segundo seus processos de apropriação da técnica a partir da aquisição de experiência, e de seus ajustes entre condicionantes para o trabalho e expectativa de renda. Palavras-chave: interdisciplinaridade; sustentabilidade; agroecologia; estudos sobre o trabalho; conhecimento técnico.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research proposed the analysis of work in ecological agroforestry systems, specially focused on the identification of strategies of technical appropriation put in place by people and institutions working in local spaces. The definition by the Contestado Settlement, municipality of Lapa-PR, was the result of the efforts in conducting interdisciplinary research, as proposed by MADE and executed by the three doctoral students of the Ruralities, Environment and Society Line of Study. In this way, the theoretical-methodological trajectory was divided into two stages, collective and individual. The collective stage took place between 2014 and 2017 and added, in the first two years, master's students together with doctoral ones. During the conduction of the research in this stage, were used notions about the strategies of organization of the familiar agriculture in front of the elaboration of other development projects in front of the hegemonic, like alternative strategies. The search for experiences in line with this theoretical profile considered cases in progress in the Metropolitan Region of Curitiba and in the Coast of Paraná, with subsequent selection of the initiative developed by the Contestado Settlement. The individual stage was conducted based on definitions of agroforestry systems; technical assistance and rural extension; and studies about the wok situations. The research was focused on the configurations of the work of the farming families and the multiplier agents, relative to agroforestry production. Therefore, subsidies were provided to understand that the appropriation of technical apparatus is an educational process related to the work of technical assistance and rural extension and to the experience of each individual, as a result of their relations with the environment in individual, family and collective sphere. It is considered that the performance developed by the multiplier agents is not configured in terms of a well-defined craft, that is, it does not appear as being in the process of forming a genre of activity, even if it apparently intends to do so. This leaves open the multiple possibilities of conducting and managing the production units, distancing the Settlement from a coherent ecological productive project. Finally, the differences between the models of agroforestry adopted in the technical recommendations and the models developed in the local spaces lead to know that the tendency towards simplification of production systems - aiming at greater control of the body and environment in terms of management and scale - are privileged as a result of: (i) production management and organization strategies proposed by the cooperative; (ii) consequences of the high dependence of the institutional market and (iii) the fruit of the farmers' elaborations according to their processes of appropriation of the technique from the acquisition of experience, and their adjustments between conditions for work and income expectation. Keywords: interdisciplinarity; sustainability; agroecology; studies on work; technical knowledge.pt_BR
dc.format.extent150 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSistemas agroflorestaispt_BR
dc.subjectCiências Ambientaispt_BR
dc.subjectCampesinatopt_BR
dc.subjectAgricultura - Sustentabilidadept_BR
dc.subjectEcologia agricolapt_BR
dc.subjectAgricultura familiarpt_BR
dc.titleO trabalho em sistemas agroflorestais : estudo das formas sociais de apropriação da atividade técnica no Assentamento Contestado, município da Lapa-PRpt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record