Show simple item record

dc.contributor.advisorScotti, Américo, 1955-pt_BR
dc.contributor.authorBianchi, Henriquept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Curso de Especialização em Engenharia da Soldagempt_BR
dc.date.accessioned2020-08-28T19:59:11Z
dc.date.available2020-08-28T19:59:11Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/49964
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Américo Scotti.pt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Curso de Especialização em Engenharia da Soldagem.pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : Neste trabalho foi realizado um estudo comparativo sobre o rendimento de deposição do metal de solda entre dois processos de soldagem distintos, sendo eles o MIG/MAG e o Eletrodo Tubular. Muito utilizados na indústria atual, o processo eletrodo tubular é conhecido e comercializado como um arame de alto rendimento (devido à alta densidade de corrente do consumível, ou seja, do arame tubular). Porém, a presença de fluxo em seu interior constitui uma parte do material transferido para a poça, mas não para o cordão, ou seja, não participa em termos de metal depositado na peça a ser soldada. Para avaliar o desempenho entre os processos em termo de capacidade de produção, foram realizadas deposições de metal pelos dois processos na posição plana, utilizando-se um mesmo nível de corrente e mantendo-se o mesmo volume de material transferido para a peça por unidade de comprimento de solda. Observou-se que o arame tubular apesar de apresentar rendimentos de deposição inferior ao eletrodo maciço, obteve maiores taxa de deposição de material, possibilitando assim alcançar maiores valores de velocidade de soldagem. No entanto, o valor médio da solda com eletrodo tubular, foi consideravelmente maior que o maciço, devido principalmente ao elevado custo do material envolvido.pt_BR
dc.description.abstractAbstract : In this paper we present a comparative study on the yield of deposition of weld metal between two different welding processes, namely the MIG / MAG and electrode Tubular. Widely used in industry today, the tubular electrode process is known and marketed as a high performance wire (due to high current density consumable, ie the tubular wire). However, the presence of flow inside a part of the material is transferred to the pool, but not the umbilical, that is, not participating in terms of metal deposited on the workpiece being welded. To evaluate the performance between processes in terms of production capacity, metal depositions were performed by two processes in the flat position, using the same level of current and keeping the same volume of material transferred to the workpiece per unit weld length. It was observed that the tubular wire despite having incomes below the deposition electrode mass, obtained higher deposition rate material, thus allowing to reach higher values of welding speed. However, the average value of the welding with flux cored electrode was considerably higher than the solid, mainly due to the high cost of the material involved.pt_BR
dc.format.extent48 p. : il., tab.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.subjectSolda e soldagempt_BR
dc.subjectEletrodospt_BR
dc.titleComparação de capacidade de produção entre o eletrodo tubular e o eletrodo maciçopt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record