Show simple item record

dc.contributor.advisorSouza Junior, Tácito Pessoa dept_BR
dc.contributor.authorProlla, Paola Minervinipt_BR
dc.contributor.otherBueno, Carlos Alvespt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Curso de Especialização em Treinamento de Força e Hipertrofiapt_BR
dc.date.accessioned2018-03-16T21:43:40Z
dc.date.available2018-03-16T21:43:40Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/46538
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Tácito Pessoa de Souza Juniorpt_BR
dc.descriptionCo-orientador : Prof. Carlos Alves Buenopt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Curso de Especialização em Treinamento de Força e Hipertrofiapt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : OBJETIVO: A produção de espécies reativas de oxigênio é um processo fisiologicamente normal. Contudo, quando sua proliferação é aumentada e o organismo não consegue neutralizar estas espécies, se caracteriza um estado de estresse oxidativo. Sendo assim, o presente trabalho tem como propósito verificar os mecanismos de produção destas espécies e investigar a possibilidade de indução do estresse oxidativo em decorrência do treinamento de força. MÉTODOS: Este estudo seguiu os princípios de uma revisão bibliográfica, onde foram consultados artigos originais e de revisão, no período de 2005 a 2013, sobre o tema estresse oxidativo e treinamento de força. RESULTADOS: Foi observado que o treinamento de força tanto pode desencadear e evoluir as espécies reativas de oxigênio pelos processo de isquemia, reperfusão e inflamação, como também pode inibí-las efetuando reajustes na capacidade de defesa antixidante. CONCLUSÕES: Todavia, há fortes evidências de que o treinamento de força pode gerar espécies tóxicas ao organismo, porém o seu potencial responderá de forma distinta de inidividuo para individuo. Contudo, mais estudos precisam ser realizados para maiores esclarecimentos sobre a relação que se faz do treinamento de força e estresse oxidativo.pt_BR
dc.format.extent20 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.subjectTreinamentopt_BR
dc.subjectForça muscularpt_BR
dc.subjectStress oxidativopt_BR
dc.titleEstresse oxidativo induzido pelo treinamento de força : uma revisão bibliográficapt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record