Show simple item record

dc.contributor.advisorNakajima, Nelson Yoshihiro, 1958-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Ciencias Agrárias. Curso de Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.creatorBraghini, Alexandrept_BR
dc.date.accessioned2023-12-04T14:35:12Z
dc.date.available2023-12-04T14:35:12Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/44897
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Nelson Yoshihiro Nakajimapt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná,Setor de Ciências Agrárias, Curso de Engenharia Florestal.pt_BR
dc.description.abstractResumo: A criação do Parque Estadual Americano Milltown, localizado na cidade de Missoula, estado de Montana, nos Estados Unidos, é um esforço do governo americano para restaurar uma área fortemente degradada pela influência da exploração pretérita de cobre, que contaminou com arsênico e outros metais pesados alguns rios da região. Essas explorações dos séculos XIX e XX têm importância histórica para a população do estado de Montana e o parque apresenta convenientemente, através de painéis interativos, toda a história dessa época próspera, porém ambientalmente incorreta da região. A construção do parque já foi iniciada e a principal atração, o mirante, já está disponível para visitação. Para a recuperação do parque, foi elaborado um plano de manejo florestal com objetivo de recuperar a área florestal do parque, melhorando as condições da floresta e sua estrutura biológica e, ao mesmo tempo, permitindo uma intensa visitação de pessoas. Conciliar a visitação de pessoas com a recuperação de uma área é mais complexo que o normal, pois além de promover o desenvolvimento sustentável da floresta, deve também contribuir para um ambiente seguro e agradável aos visitantes, o que nem sempre são atividades complementares. A área do parque é de 36 acres e campanhas foram realizadas ao longo de um mês para avaliar a área, identificar espécies, perceber tendências e posteriormente elaborar o plano de manejo com instruções técnicas e recomendações e apresentar aos gerentes do parque. Foi recomendado o corte de galhos e árvores podres e atacadas por besouro ips; a conservação de espécies resistentes ao fogo e de interesse à fauna; e a priorização de desenvolvimento de algumas espécies. É esperado que o parque se auto sustente em um futuro breve, e também que seja resistente com fogo de baixa intensidade. Além disso, terá visitação intensa de pessoas, abrigará muitos animais e a flora será composta por espécies florestais da região de Montana. É esperado que o Parque seja um lugar agradável para caminhadas, encontros, piqueniques e visitas de pessoas e famílias. Após recuperada a floresta, espera-se que aparente mais madura do que realmente é, e mais exuberante e agradável.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectParques - Estados Unidospt_BR
dc.subjectFlorestas - Manejopt_BR
dc.subjectRecuperação ecológica - Estados Unidospt_BR
dc.titleCaracterização do Parque Estadual Milltown como subsídio às atividades de manejopt_BR
dc.typeTCC Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record