Show simple item record

dc.contributor.advisorReis, Rodrigo Arantes, 1977-pt_BR
dc.contributor.otherJoucoski, Emerson, 1972-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade de Brasilia. Programa de Pós-Graduaçao em Desenvolvimento Sustentavelpt_BR
dc.creatorGuedes, Francisca Araujo Costapt_BR
dc.date.accessioned2022-12-22T18:59:46Z
dc.date.available2022-12-22T18:59:46Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/43259
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Rodrigo Arantes Reispt_BR
dc.descriptionCo-orientador: Prof. Dr. Emerson Joucoskipt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentavel. Defesa: Matinhos, 29/03/2015pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografia: f. 96-99pt_BR
dc.descriptionArea de concentraçãopt_BR
dc.description.abstractResumo: A grave crise socioambiental mundial impõe a necessidade de busca de um novo modelo de civilização e de sociedade pautado numa nova ética da relação entre os seres humanos e a natureza. Repensar a relação ser humano/natureza no âmbito escolar requer uma problematização do tema que deve ser contextualizado de forma significativa para o estudante. Nesse sentido, a utilização de vídeos em sala de aula como estratégia de trabalho com a linguagem audiovisual pode ser um recurso vantajoso para a prática pedagógica. O presente estudo apresenta a Educação Ambiental como uma dimensão essencial da educação fundamental, utilizando o vídeo como estratégia de sensibilização e formação da consciência crítica acerca da problemática socioambiental de estudantes da Educação Básica, visando a instrumentalização para uma ação política e social transformadora. Trata-se de uma investigação qualitativa com uma abordagem de estudo de caso realizado em cinco escolas, sendo quatro situadas no litoral do Paraná, municípios de Antonina, Guaratuba, Matinhos e Morretes e uma na capital Curitiba, com o intuito de investigar a contribuição do uso do vídeo como recurso didático para a contextualização de determinados conceitos/conteúdos no processo de aprendizagem. Os resultados usaram a metodologia de Análise Textual Discursiva como ferramenta analítica, baseada nas teorias de Moraes (2003), Moraes e Galiazzi (2006), Santos e Dalto (2012). As análises utilizaram os referenciais de Educação Ambiental numa perspectiva das correntes Práxica ou Critica Social defendidas por Lima (1999), Jacobi (2003; 2006), Loureiro (2005), Sauvé (2005), Sorrentino et al (2005), Leff (2010), Carvalho (2010) e Nogueira (2015) e do uso de recursos audiovisuais baseados nas teorias de Moran (1995), Meirelles (2004), Vieira (2009), Vasconcelos e Leão (2010), Arroyo (2013) e apontam para a efetividade da utilização do vídeo como instrumento didático para a sensibilização de estudantes e despertar do interesse pelo aprofundamento de estudos.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The serious global environmental crisis imposes the need of searching for a new model of civilization and society guided by a new ethic of the relationship between humans and nature. Rethinking the relationship human / nature in the school setting requires a subject of questioning that must be contextualized significantly to the student. In this sense, the use of video in the classroom as working strategy with the audiovisual language can be a useful resource for teaching practice. This study presents environmental education as an essential dimension of basic education, using the video as a critical awareness raising and training strategy on the environmental problems of students of basic education, with a view of exploitation for political action and social transformation. This is a qualitative research with a case study approach conducted in five schools, four located on the coast of Paraná, the municipalities of Antonina, Guaratuba, Matinhos and Morretes and one in the capital Curitiba, in order to investigate the contribution of use of video as a teaching resource for contextualization of certain concepts / content in the learning process. Results used the methodology of textual analysis Discursive as an analytical tool, based on theories Moraes (2003), Moraes and Galiazzi (2006), Santos and Dalto (2012). The analysis used the benchmarks of environmental education from the perspective of current Praxis or Criticizes Social defended by Lima (1999), Jacobi (2003; 2006), Loureiro (2005), Sauvé (2005), Sorrentino et al (2005), Leff (2010 ), Carvalho (2010) and Nogueira (2015) and the use of audiovisual resources based on Moran's theories (1995), Meirelles (2004), Vieira (2009), Vasconcelos and Leon (2010), Arroyo (2013) and indicate the effectiveness of the use of video as an educational tool to raise awareness of students and awakening of interest in further studies.pt_BR
dc.format.extent120p. : il. algumas color.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectEducação ambientalpt_BR
dc.subjectDesenvolvimento regionalpt_BR
dc.subjectSustentabilidadept_BR
dc.titleO uso de vídeo de caráter regional como instrumento didático para a educação ambientalpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record