Show simple item record

dc.contributor.advisorBaggio, Paulopt_BR
dc.contributor.authorCosta, Marco Antonio Gasparpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Curso de Especialização em Medicina do Trabalhopt_BR
dc.date.accessioned2022-08-31T14:19:55Z
dc.date.available2022-08-31T14:19:55Z
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/39057
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Paulo Baggiopt_BR
dc.descriptionArtigo (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Curso de Especialização em Medicina do Trabalho.pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: O objetivo do presente estudo é identificar uma possível associação entre doença varicosa de membros inferiores e motoristas profissionais. Foram avaliados 100 motoristas durante perícias de trânsito em clínica credenciada ao DETRAN-PR, localizada na cidade de Curitiba. Utilizou-se a classificação CEAP para especificação das manifestações clínicas. A prevalência geral da doença na população estudada foi de 69%. Todos os motoristas eram do sexo masculino, a maioria caminhoneiros (66), idade média de 45,6 anos. O tempo de atividade profissional variou de 2 a 50 anos (média: 17,6 anos) e a jornada de trabalho de 4 a 17 horas (média: 9,7 horas). O número de horas em pausa variou de 0 a 4 horas (média: 1,5 horas). Dor em membros inferiores (14) e parestesias (11) foram as queixas principais. Veias reticulares: (CEAP 1 - 52,2%) e veias varicosas (CEAP 2 - 33,3%) foram as apresentações clínicas mais frequentes (64% eram assintomáticos). Avanço da idade, tempo de atividade como motorista, longas jornadas de trabalho, história familiar [OR: 4,203 (p= 0,004)], trauma prévio em membros inferiores [OR: 9,057 (p= 0,019)], tabagismo [OR: 3,343 (p= 0,036)] e obesidade [OR: 2,960 (p= 0,028)] foram considerados fatores de risco. Atividade física regular mostrou-se ser um fator protetor [OR: 0,321 (p = 0,025)]. Foi evidenciada forte relação entre a profissão de motorista e doença varicosa de membros inferiores, baseado nos fatores de risco ocupacionais e de hábitos de vida inerentes à atividade laboral em questão. A prevenção e modificação destes fatores são fundamentais.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.subjectVarizespt_BR
dc.subjectMotoristas - Saudept_BR
dc.subjectDoenças profissionaispt_BR
dc.titlePrevalência de varizes de membros inferiores em motoristas profissionaispt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record