Show simple item record

dc.contributor.advisorDe Luca, Gabriel Gomes, 1983-pt_BR
dc.contributor.authorSouza, Andrey Santos, 1992-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologiapt_BR
dc.date.accessioned2022-08-01T14:49:36Z
dc.date.available2022-08-01T14:49:36Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/77466
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Gabriel Gomes de Lucapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Defesa : Curitiba, 07/03/2022pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Universidades são organizações com características institucionais que favorecem a competição entre estudantes. A apresentação do comportamento cooperativo, um complexo comportamento social que envolve a ação conjunta de indivíduos para produzir consequências reforçadoras, pode ser dificultada por contingências que aumentam a probabilidade de os indivíduos se comportarem em função de consequências individuais. A Programação de Condições para Desenvolvimento de Comportamento, uma tecnologia de ensino desenvolvida a partir de conhecimentos produzidos por analistas do comportamento, possibilita explicitar características de comportamentos complexos favorecendo a realização de estratégias para desenvolver ou aprimorar esses comportamentos. O objetivo do presente estudo foi caracterizar comportamentos constituintes da classe geral denominada "Cooperar em atividades acadêmicas de nível superior" e distribuir esses comportamentos em âmbitos de abrangência. Para caracterizar esses comportamentos, foram utilizadas três fontes de informação: um capítulo de um livro que contém a sistematização de habilidades sociais relevantes para o trabalho em grupo, um capítulo de livro de um livro sobre técnicas de aprendizagem colaborativa e relatos de cinco estudantes universitários, coletados por meio de entrevistas semiestruturadas. A partir da observação das fontes selecionadas, foram realizados procedimentos para identificar e derivar componentes de possíveis comportamentos constituintes da classe geral caracterizada, avaliar a adequação da linguagem utilizada para referir-se a esses comportamentos, propor nomes para as classes de comportamentos caracterizadas e organizar essas classes em âmbitos de abrangência. Foram caracterizados 454 comportamentos, distribuídos em cinco subclasses gerais, "Estabelecer vínculos com outra(s) pessoa(s) para realização de atividades acadêmicas em conjunto", "Caracterizar atividade acadêmica a ser realizada em conjunto com outra(s) pessoa(s)", "Planejar realização de atividade acadêmica em conjunto com outra(s) pessoa(s)", "Executar atividade acadêmica em conjunto com outra(s) pessoa(s)" e "Avaliar resultados produzidos por meio de atividade acadêmica realizada em conjunto com outra(s) pessoa(s)", que por sua vez, foram organizadas em 21 classes intermediárias. Um exame dos relatos dos estudantes entrevistados foi feito para caracterizar o repertório deles relativo ao comportamento cooperativo em atividades acadêmicas, indicando que apesar de saberem cooperar, parecem fazê-lo sob controle de consequências pouco relacionadas à uma formação de qualidade. Os resultados produzidos favorecem a elaboração de programas para desenvolver comportamentos cooperativos em estudantes universitários, aumentando a probabilidade de eles lidarem com as contingências competitivas do ambiente acadêmico, estabelecendo vínculos com seus pares e maximizando aprendizagens relevantes para suas formações.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Universities are organizations with institutional characteristics that favor competition between students. The presentation of cooperative behavior, a complex social behavior that involves joint action of individuals to produce reinforcing consequences, can be hampered by contingencies that increase the probability of individuals behaving seeking individual consequences. The Programming of Conditions for Behavior Development, a teaching technology developed from knowledge produced by behavior analysts, makes it possible to explain characteristics of complex behaviors, favoring the realization of strategies to develop or improve these behaviors. The objective of the present study was to characterize behaviors that constitute the general class denominated "Cooperate in academic activities of higher level" and to distribute these behaviors according to the level of coverage. For such, three sources of information were used: a chapter of a book that contains the systematization of social skills relevant to group work, a book chapter of a book on collaborative learning techniques and reports of five university students, collected through semistructured interviews. From the observation of the selected sources, procedures were carried out to identify and derive components of possible constituent behaviors of the general class characterized, to evaluate the adequacy of the language used to refer to these behaviors, to propose names for the classes of behaviors characterized and to organize these classes in coverage levels. 454 behaviors were characterized, distributed in five general subclasses, "Establish relationships with other person(s) to execute academic activities together", "Characterize academic activity to be executed together with other person(s)", "Plan academic activity together with other person(s)", "Perform academic activity together with other person(s)" and "Evaluate results produced through academic activity executed together with other person(s)", which in turn were organized into 21 intermediate classes. An examination of the interviewed students' reports was carried out to characterize the students' repertoire regarding cooperative behavior in academic activities, that despite knowing how to cooperate, they seem to do this under control of consequences less related to a high-quality graduate. The results produced optimize the development of programs to develop cooperative behaviors in university students, increasing the probability of them dealing with the competitive contingencies of the academic environment, establishing bonds with their peers and maximizing learning relevant to their training.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectComportamento humano - Psicologiapt_BR
dc.subjectCooperação universitariapt_BR
dc.subjectEstudantes universitarios - Comportamentopt_BR
dc.subjectTecnologia educacionalpt_BR
dc.subjectEnsino - Metodologiapt_BR
dc.subjectPsicologiapt_BR
dc.titleCaracterização de comportamentos constituintes da classe geral "cooperar em atividades acadêmicas de nível superior"pt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record